Planta amiga

Paisagista dá dicas para evitar espécies tóxicas para o bichinho

Por Larissa Sant'Ana

Saiba que plantas são benéficas aos bichos
Saiba que plantas são benéficas aos bichos -

A jardinagem tem sido uma válvula de escape de muitas pessoas durante o isolamento social. Os cuidados com as plantas proporcionam distração e relaxamento. Mas para quem tem pet, não é toda planta que traz benefícios: algumas podem ser tóxicas.

A paisagista Rayra Lira explica que o melhor é evitar plantas que têm flor, caem muitas folhas, soltem algum líquido ou muito pólen e que tenham cheiro forte. Comigo-ninguém-pode, zamioculca, copo-de-leite, costela de adão, espada-de-são-jorge, azaleia e espirradeira estão entre as venenosas. Ao ter contato com elas, o bicho pode apresentar sintomas de intoxicação como vômitos, diarreia, sonolência e dificuldade de respiração.

Por outro lado, outras plantas não apresentam restrição, e os bichos mais curiosos, principalmente gatos, podem brincar e até mastigá-las. A indicação de Rayra são as plantas que não atraem muito a atenção dos bichos, possuem propriedades relaxantes — capazes de diminuir estresse, ansiedade e insônia — e podem fazer bem para o sistema imunológico: lavanda, girassol, manjericão, tomilho, hortelã e bromélia.

Ração úmida é boa para gatos

Ração úmida é indicada para gatos - Eliane Kawakami/Flickr

Quase metade dos gatos idosos possuem a Doença Renal Crônica. Isso muitas vezes é explicado pelo fato de os bichanos não terem o costume de beber água. As rações úmidas, vendidas em sachês ou enlatadas, servem para combater essa deficiência, já que possuem entre 60% e 90% de água na composição.

Além da água, esses alimentos são feitos de proteína e não contêm conservantes nem aromas artificiais, o que agrada o paladar dos bichos. A opção passou a ser incluída na dieta dos gatos pelos veterinários. As quantidades devem ser regradas para evitar obesidade.

Música para acalmar

A nova rotina de isolamento pode causar estresse e ansiedade nos pets. Músicas calmas e em som ambiente podem reverter isso. Plataformas de streaming como o Spotify já possuem playlists exclusivas e até personalizáveis para eles.

Não faça em casa!

O risco de automedicar os bichos é muito grande. Mesmo que seja um sintoma conhecido, não ministre medicações sem o aval de um veterinário de confiança.

Brinquedos seguros

Além de estarem sempre limpos, os brinquedos dos animais não devem ser pequenos a ponto de serem engolidos, e nem possuir itens que se descolam facilmente.

Comentários