Acordo selará paz após intervenção de Bolsonaro no preço de combustível

Lados chegarão a um índice que não derrube as ações da Petrobras, tampouco o discurso de Bolsonaro pró-caminhoneiros

Por Leandro Mazzini

Brasília - Um pré-acordo entre os envolvidos selará a paz na tensão causada pelo presidente Jair Bolsonaro ao questionar o aumento de 5,7% do combustível na Petrobras. Na reunião de quarta-feira, a direção da petroleira manterá o discurso da necessidade – e inevitabilidade – do reajuste.

A equipe do Palácio rechaçará o índice que considera alto. E os lados chegarão a um índice que não derrube as ações da empresa, tampouco o discurso de Bolsonaro pró-caminhoneiros.

Segurando

Investidores estrangeiros de olho no Brasil se assustaram com a possível intervenção de Bolsonaro na Petrobras. Querem segurança jurídica para trazer seus bilhões.

Mercado

Fato é que apontam o óbvio: a Petrobras é empresa de capital aberto na Bolsa. Intervenção do sócio majoritário atrapalha planos da empresa e afugenta investidores.

Retorno

Em 2015, a Coluna revelou que o príncipe de Abu Dhabi, sócio minoritário com alguns bilhões em ações, contratou advogada em Nova York para conseguir indenização de prejuízos causados pela descoberta da Lava Jato.

Malhete no canteiro

A revelação é do colunista Cássio Bruno, do Informe do DIA, do Rio: adivinha quem é a desembargadora relatora do processo que proibiu a prefeitura de intervir na construção dos prédios da milícia na Muzema, onde dois desabaram? Marília de Castro Neves, a mesma que causou polêmica na internet ao criticar a falecida vereadora Marielle Franco.

Tigre guloso

Polêmica em Varginha (MG): a prefeitura gasta R$ 300 mil/ano com um tigre siberiano no zoológico da importante cidade tropical. Sim, a ‘capital’ mineira do café, com clima tropical, tem um tigre siberiano. E o bicho deve comer filé mignon e picanha...A revelação foi do Mais Notícias, da Rede Mais/Record Minas.

Dança das contas

Presentão do governador Ibaneis Rocha para o DF: Uma hora de show da Anitta para cofres públicos não sai por menos de R$ 300 mil.

Bicadas

Já foram muito mais tranquilos os dias de Aécio Neves e Marconi Perillo – seu aliado – dentro do PSDB com os outros colegas. Ambos estão na mira da Justiça, e dos aliados.

Mercado x Saúde

A alemã Bayer vendeu para o Ministério da Saúde doses do inseticida Malathion, que vieram de navio na gestão passada, mas 300 mil litros foram descartados pois venceram. Agora, o Estado do Paraná, que luta contra a dengue, quer comprar bom lote. E a empresa promete entregar de avião – a custo muito alto – porque chega rápido.

Oposição permanente

Com Lula da Silva preso e sem perspectiva de volta, Ciro Gomes (PDT) já deu a largada desde janeiro para a sua campanha presidencial de 2022. Participa hoje de encontro com artistas, intelectuais e empresários no Teatro Vanucci, na Gávea. Tema: análise dos 100 dias do governo de Bolsonaro.

Memórias

Maria Tereza Goulart vai lançar sua biografia, "Uma mulher vestida de silêncio", nesta quarta-feira na Livraria da Travessa do Shopping Leblon. A foto da capa da ex-primeira dama ao lado de Jango, no histórico comício da Central do Brasil, em março de 1964, é de Evandro Teixeira.

Esplanadeira

Arnaldo Niskier coordenou a palestra de Carlos Alberto Serpa sobre Ensino Superior, na Academia Brasileira de Letras. Presidente Nacional da Mocidade Trabalhista antes de 1964, Danilo Groff, morto em 2010, assessor de Leonel Brizola nos governos do RS e Rio, recebeu homenagem póstuma da Juventude Socialista do PDT.

Comentários