Em brincadeira, Gizelly enfia o dedo no bumbum de Pyong Lee - Reprodução TV Globo
Em brincadeira, Gizelly enfia o dedo no bumbum de Pyong LeeReprodução TV Globo
Por O Dia
Nesta madrugada, Gizelly contou para as sisters como foi a conversa que teve no confessionário depois da 'brincadeira' de enfiar o dedo no ânus de Pyong após a festa de sábado (14). "Tem lugares no corpo que não podem ser tocados", disse a direção para Gizelly, que afirmou não saber, num primeiro mmento, o motivo de ter sido chamada. "Ninguém veio ao confessionário falar nada, mas a gente viu as imagens. Não pode tocar em certas partes dos corpos dos colegas. Aí falou, falou, falou...". 
A advogada contou o que respondeu ao ser questionada se ela sabia o motivo de ter ido ao confessionário: "A Ivy acabou de me falar o que é: dedo no bumbum... Sabe o que é pior? Se a Ivy não fala, eu não saberia o motivo de estar no confessionário. Nas  lauda do ano que vem vai estar lá: 'dedo no c.não pode'".