Luciana Gimenez e Carolina Marchezi - Reprodução
Luciana Gimenez e Carolina MarcheziReprodução
Por O Dia
Esta coluna resolveu apurar os detalhes dos bastidores da gravação do programa ‘SuperPop’, que aconteceram no último dia 29, na RedeTV!, com participação de Caroline Marchezi, a mãe do filho de Felipe Araújo que afirma ter sido maltratada por Luciana Gimenez. Começando pelo fato do programa ser gravado há sete dias. Sim, Carol levou uma semana para o expor tudo o que queria. Segundo fontes de dentro da RedeTV!, não houve nenhum pedido para que trechos que deixaram a moça constrangida fossem cortados da edição.

Nos bastidores da atração, toda a produção foi pega de surpresa com as acusações de ex de Felipe Araujo, isto porque Carol não reclamou sobre seu incômodo com ninguém da equipe, nem durante ou após o término da gravação. Além disso, a produção também se questiona o por que foi publicado nas redes sociais somente uma frase solta e não o contexto completo da conversa de Carol com Gimenez.

Em suas postagens, Caroline cobra o por que não foi citado no programa a parte de agressão ou abuso. Quanto a isso, o que a coluna descobriu é que o departamento jurídico da RedeTV! foi quem vetou o tema, uma vez que nenhum boletim de ocorrência ou qualquer outra prova foi apresentada para comprovar as acusações. Caso tivesse ido ao ar, tanto a emissora quanto Caroline poderiam ser processadas por Felipe Araújo.

Mas o que mais deixou esta coluna pretérita foi de onde veio o convite para Caroline participar do programa: partiu de uma decisão da própria Luciana Gimenez, pois sua produção estava organizando um link com Felipe Araújo e a apresentadora da REDETV salientou que achava importante ouvir a moça também. No final disso tudo o que não entendemos é: onde foi parar o foco de toda essa história que é o processo de pensão alimentícia que Caroline move contra Felipe?