Ex-coelhinha da Playboy, Viviane Bordin  - Divulgação
Ex-coelhinha da Playboy, Viviane Bordin Divulgação
Por O Dia
Ícone da Playboy e CEO da revista digital 'Diamond Brazil', Viviane Bordin falou sobre o sucesso como empresária e como sua experiência em uma das maiores revistas de ensaios sensuais do mundo a ajudou a construir seu 'império digital'. "
"Eu trabalhei muito tempo com a Playboy, tive contrato a Playboy da América Latina durante dois anos. A sede deles era na Argentina, então eu viajei bastante com eles e fiz vários eventos, muitos trabalhos de foto e várias revistas no mundo. Aqui no Brasil eu fiz três vezes a Playboy, sendo duas capas. Fui capa da revista em Portugal também. Então com toda essa experiência em ensaios sensuais desde que eu comecei como modelo, eu me inspiro na Playboy, que foi onde eu trabalhei por muito tempo. Como eu sou a diretora da Diamond, eu que organizo tudo, que contrato as modelos, organizo toda a produção", conta a modelo, que está feliz da vida com o excelente desempenho de seu site no período da pandemia.
Publicidade
Veja fotos:
"O site evoluiu nesse tempo de pandemia. Como as pessoas estavam em casa procurando por entretenimento online, eu tive um êxito nesse quesito. Então foi muito bom pra mim. Subiu, sim, o número de assinaturas na pandemia, os acessos também. E a revista conseguiu ficar mais conhecida, além do Brasil, inclusive, porque já temos também o Diamond Europa e o Diamond Estados Unidos. Estamos crescendo cada vez mais", revela Viviane Bordin.

Crédito : Andrea Schaefer