Luã Yvys e a mulher Amanda Mezkta
Luã Yvys e a mulher Amanda Mezkta reprodução - internet
Por O Dia
Lembram quando vários pais foram as redes sociais para reclamar da Maternidade Perinatal por ter autorizado a entrada de um fotógrafo profissional para registrar o parto de Giovanna Ewbank no início de julho? Muitos deles até prometeram entrar na Justiça contra o hospital e a coluna descobriu um desses casais: o produtor musical Luã Yvys Ramalho Kirk Mattar e a mulher Amanda Mezkta. Os dois entraram com uma ação e receberam a notícia que ganharam a causa. A juíza, Flávia Santos Capanema de Souza, do 6º Juizado Especial Cível, no Rio, estabeleceu que a maternidade pague R$ 40 mil como indenização ao casal.
"Estamos muito felizes de ter vencido o caso em primeira instância, mas como o processo ainda está em aberto e ainda cabe recurso da outro parte prefiro aguardar os desdobramentos do caso", contou Luã à coluna.
Publicidade
Esmeralda, neta da Elba Ramalho e Maurício Mattar, nasceu no dia 16 de abril no auge da pandemia do novo coronavírus no Brasil. Na época, existiam restrições quanto ao número de pessoas em partos e cirurgias para evitar aglomerações e a disseminação do contágio da Covid-19.
Procurada a assessoria da Maternidade Perinatal enviou um comunicado. "O departamento jurídico do Grupo Perinatal informa que trata-se de uma decisão de primeira instância da qual irá recorrer, obedecendo todos os trâmites processuais".