Haji Abdul Azim e Michael Jackson - reprodução internet
Haji Abdul Azim e Michael Jacksonreprodução internet
Por O Dia
O bilionário Haji ‘Abdul’ Azim, filho do poderoso sultão sultão de Brunei, Hassanal Bolkiah, um dos homens mais ricos do planeta, morreu no último sábado e a motivo até agora, ninguém anunciou. Comenta-se que o bilionário estava internado há algum tempo e que há alguns anos lutava contra uma doença prolongada. Tá! Mais que doença? Ninguém comentou.
Dono de uma fortuna de 30 bilhões era um entusiasta das artes, chegou a produzir filmes premiados, mas sempre teve uma vida discreta, mesmo sendo um dos possíveis sucessores ao trono do pai.
Publicidade
Perez Hilton, o temido blogueiro de Hollywood, disse em 2019 que o príncipe era homossexual, o que gerou um tremendo alvoroço em seu país e o afastou dos holofotes. Afinal em seu país, gays e lésbicas são chicoteados e apedrejados até a morte.
Janet Jackson, irmã de Michael Jackson, postou nos Stories do Instagram uma mensagem em relação a sua morte:
Publicidade
"Azim, eu te amo tanto. Se Alá quiser, chega de dor. Em nome do altíssimo, do mais misericordioso. Ele cuidará de você agora. Amém", postou a cantora em sus redes sociais.