Anitta distribui dinheiro em balada nos EUA  - Reprodução Instagram
Anitta distribui dinheiro em balada nos EUA Reprodução Instagram
Por O Dia
Vocês lembram quem foi Maria Verônica Aparecida dos Santos? Em 2012, essa mulher parou todo o Brasil ao aparecer com uma barriga enorme e chamativa, dizendo estar grávida de quadrigêmeos. Ela ficou conhecida como 'a grávida de Taubaté'. A única intenção de Maria Verônica, já que nunca esteve grávida, era tirar vantagem das pessoas, pois graças as suas várias histórias contadas, ganhou diversas coisas, além de também atrair mídia.
Não é de hoje que Anitta adora uma mídia, um holofote, chegando a beirar ao desespero a sua gana de aparecer. E a cantora não mede esforços para isso. Ela diz o que todos querem ouvir, tem sempre uma estória sua para contar sobre a pauta do momento e adora apontar o dedo para os erros dos outros. Mas Anitta não faz o principal: não olha para seus próprios erros.
Publicidade
Anitta é a mulher que defende a união entre as mulheres, mas quando ninguém vê ela coloca uma contra a outra, basta lembrarmos do áudio vazado onde a cantora acusa Preta Gil de chamar Marília Mendonça de gorda. Anitta é a mulher que fala em combater o assédio, mas ela mesma o pratica, como em imagens mostradas em seu documentário para a Netflix, onde grita e ofende funcionários. Claro que depois ela tratou de recontar a história para não parecer a vilã.
Anitta é a mulher que quer apontar o dedo para o governo negacionista que invadiu o país - vale falar que realmente esse governo é isso mesmo - mas esquece que adora apontar os erros dos outros e fazer o mesmo. Em vídeo publicado recentemente pelo rapper Tyga, ela aparece em uma festa sem máscara e com várias pessoas ao seu redor, enquanto joga dinheiro para o ar. Quando ninguém vê ou ela acha que ninguém vê, Anitta é ela de verdade. Muitos podem tentar justificar dizendo que ela está nos Estados Unidos, mas vale lembrar que o presidente eleito, Joe Biden, é o maior defensor do uso de máscaras e distanciamento social, pois seus país é o que mais tem casos da doença e mortes no mundo. Por lá, a doença encontra-se descontrolada, ou seja, Anitta passando dias em Miami como se não existisse pandemia por lá, acaba se aproximando a ideologia também negacionista de Donald Trump, aliado do presidente brasileiro, o qual Anitta tanto critica. Controverso, não?
Publicidade
Também é importante lembrar que a mãe de Anitta já tem 60 anos, ou seja, é do grupo de risco. Rezamos para que Anitta tenha ao menos a consideração de fazer uma quarentena após voltar ao país para não contaminar ninguém, porque apesar de poder alegar já ter tido a Covid-19, os números de casos de reinfecção no país são cada vez maiores.
Está na hora de Anitta querer lacrar menos com suas falas vazias. O grande desafio da cantora hoje em dia é provar que sabe a diferença entre ativismo e autopromoção, porque está feio usar as causas que realmente são importantes para muitos como forma de autopromoção para trazer visibilidade e massagear seu ego infinito.