Karol Conká - Reprodução
Karol ConkáReprodução
Por O Dia
Karol Conka está fazendo justamente o que ela e sua fiel escudeira Lumena mais criticaram em Lucas Penteado fazer: usar causas como racismo e gênero para se sair de vitima. Na madrugada desta segunda-feira (8), a cantora conversava com Carla Diaz após o programa ao vivo e dizia que, ao conversar com Vih Tube, ela teria percebido que vivia um 'relacionamento abusivo' com Arcrebiano. Mas, pasmem, segunda ela, o modelo era o responsável por isso. Vale lembrar que Pocah já havia falado essa insensatez para passar a mão na cabeça da cantora e acusar o rapaz.
Assédio é algo que pode acontecer dos dois lados e tudo leva a crer que Karol assediou, sim, o rapaz ao tentar forçar beijos em público, mesmo Bil tendo fugido várias vezes de consumar o ato na festa da última quarta-feira. Chegou ao ponto do modelo ter que dizer que daria um selinho só. Mas não achem que foi 'só' isso. Karol também deitou na rede com o rapaz que tentava dormir sozinho e começou a alisar seus braços e costas e fazer perguntas que visivelmente o deixavam constrangido. Ele respondia laconicamente.
Publicidade
Karol instaurou um clima de medo na casa, ameaçando a todos que ela via como uma possíveis concorrentes ao 'amor' de Arcrebiano. E apesar de o rapaz ter dormido na mesma cama que a cantora, na primeira oportunidade que teve na manhã seguinte, ele fugiu do local. E durante conversas com outras pessoas, Bill deixou claro que não queria nada com Karol, nem a cantora pode acusá-lo de mentir, pois ele deu vários sinais que não estava confortável em ter algo com ela. Ele queria ficar solteiro.
Claro que isso não foi motivo para Conka achar que fosse um fora: pelo contrário! Ela inventou diversas situações para os outros membros da casa, beijos e situações que não haviam acontecido. A cantora inclusive disse a Arcrebiano que, mesmo antes deles ficarem, já havia falado para algumas pessoas da casa que tinham ficado, o que fez o rapaz olhar assustado para ela.
Publicidade
Em um dos seus surtos, ela atacou Carla Diaz - que nem sabia o que estava acontecendo-, acusando a moça de estar afim de Acrebiano. Tal ato movimentou a casa toda, já que a maioria, com exceção de Lumena, sua súdita, não sabia dessa historia. Ao ser confrontada e desmascarada, Karol partiu para os gritos e ataques.
Assédio é crime, o 'não' vale para todos, sejam mulheres ou homens. Karol durante a conversa com Vih Tube que havia se aproximado da cantora para ouvir sua versão da briga com Carla foi praticamente acusada de racista por não acreditar nas mentiras da Karol. Em outros momentos, usou novamente discursos que davam a entender que outros integrantes estavam sendo racistas por confrontá-la com a verdade e não acreditarem nela.
Karol Conka usa de causas tão importantes para manipular e amedrontar as pessoas. Triste ver como uma pessoa que se dizia tão ativista e engajada lida com esses temas.