Carregar a cruz

"Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga", disse Jesus

Por Padre Omar

A liturgia deste domingo nos convida ao seguimento radical a Jesus Cristo, a tomar a nossa cruz de cada dia e segui-lo. Somos chamados a renunciar aos pecados do mundo e a enfrentar todos os desafios para seguir Jesus. A sabedoria é viver um dia de cada vez.

No Evangelho vemos que Jesus se dirige a todos os que o seguiam, apresentando o caminho que devem percorrer: "Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga". Muitas vezes caímos na tentação de querer seguir um Cristo sem cruz, mas Jesus nos recorda que o seu caminho é o do amor, e não há amor verdadeiro sem sacrifício.

Somos chamados a não nos deixarmos absorver pelas tentações do mundo, mas a estar cada vez mais cientes da necessidade e da fadiga para nós cristãos de caminhar contra a corrente. Jesus diz ainda: "Quem quiser salvar a sua vida vai perde-la; e quem perder a sua vida por causa de mim, vai encontrá-la". Nesse paradoxo está contida a regra de ouro que Deus inscreveu na natureza humana criada em Cristo: a regra que só o amor dá sentido e felicidade à vida.

Dedicar os próprios talentos, as próprias energias e o próprio tempo só para se salvar e se proteger, leva na realidade a se perder, ou seja, a uma existência triste e estéril. Ao contrário, vamos viver pelo Senhor e construir a nossa vida no amor, como fez Jesus, e poderemos saborear a alegria autêntica de uma vida fecunda.

Comentários