Câmara Municipal discutirá emenda que propõe cotas para refugiados

De autoria dos deputados Jânio Mendes (PDT), Martha Rocha (PDT), e Enfermeira Rejane (PCdoB), o texto prevê que 5% dos cursos de graduação e pós-graduação sejam preenchidos por "portadores de deficiência, bem como refugiados e imigrantes em situação de vulnerabilidade"

Por Paulo Capelli

Rio - Um assunto promete dar o que falar semana que vem na Assembleia Legislativa. Trata-se de emenda que propõe cotas para refugiados nas universidades do estado. De autoria dos deputados Jânio Mendes (PDT), Martha Rocha (PDT), e Enfermeira Rejane (PCdoB), o texto prevê que 5% dos cursos de graduação e pós-graduação sejam preenchidos por "portadores de deficiência, bem como refugiados e imigrantes em situação de vulnerabilidade".

Flávio Bolsonaro (PSL) protesta: "Por que venezuelanos ou imigrantes de outro país têm que ter prioridade sobre algum brasileiro? Já que é assim, vou divulgar o endereço de quem votar a favor da medida, para que também dê assistência financeira aos imigrantes."

Segue

A votação será na semana que vem, mas a Alerj ainda não definiu o dia exato.

Choque de ordem

Será publicada no Diário Oficial de amanhã uma portaria que determinará um choque de ordem na Lagoa. Fiscais da prefeitura vão notificar quiosques e vendedores ambulantes que ocupam irregularmente a orla até a quinta-feira. Na sexta, não tem mais papo. As mercadorias serão apreendidas. O objetivo é coibir a ocupação indevida de espaços públicos e aumentar a segurança.

Licitação adiada

Prevista para amanhã, o governo estadual suspendeu, sine die, a licitação que escolheria um banco para emprestar R$ 225,5 milhões ao Palácio Guanabara a instituição financeira receberia juros sobre o valor. O adiamento ocorre porque o trâmite depende da autorização do Tribunal de Contas do Estado.

Exigência

A verba será usada para a modernização fazendária do estado e é uma das exigências do pacto de recuperação financeira com a União.

Dinheiro na mão

A procura pela antecipação do 13º salário cresceu 28,9% no estado em comparação com o ano passado, segundo dados do Itaú Unibanco. Ou seja, mais pessoas estão interessadas em ter dinheiro na mão agora e pagar uma taxa de juros no fim do ano.

Educação

O deputado federal Luiz Carlos Ramos (Podemos) conseguiu R$ 1 milhão em emendas para reformar na Universidade Federal Rural do Rio e para o hospital veterinário da instituição.[

Bicadas no Urubu

Esquenta a briga entre o vice de Futebol do Flamengo, Ricardo Lomba, e o ex-CEO de Eike Batista Rodolfo Landim pela sucessão presidencial no Clube.

Comentários