Servidores vão receber na próxima sexta-feira - Paulo Carneiro / Agência O Dia
Servidores vão receber na próxima sexta-feiraPaulo Carneiro / Agência O Dia
Por Paulo Capelli

RIO - Apesar da dificuldade financeira, o governo estadual já destinou mais de R$ 40 milhões este ano a empresas de publicidade. Os valores abrangem desde "estudo de marca, desenvolvimento e implantação de Portal Corporativo e gestão de redes sociais" até campanhas para divulgar o Carnaval, a Lei Seca e a prevenção à Febre Amarela.

Empresas como 'Propeg', 'Binder FC', 'Agência 3' e 'Artplan' já receberam em 2018, respectivamente, R$ 8,7 milhões, R$ 6,3 milhões, R$ 5,4 milhões e R$ 5,2 milhões. Destas, 'Propeg' e 'Binder' foram citadas pelo delator da Lava Jato Renato Pereira por suposto favorecimento na gestão do ex-prefeito Eduardo Paes (DEM).

Resposta

Indagado pela Coluna sobre os gastos publicitários em época de vacas magras, o governo sustentou que campanhas em áreas como Saúde e educação no trânsito são importantes para informar a população.

A grana da TV

A Assembleia Legislativa é outra a investir na publicidade de suas ações. Destinou este ano R$ 8,5 milhões à Digilab S/A. A empresa, escolhida por concorrência pública, transmite as sessões plenárias ao vivo.

Pai Romário

No primeiro programa eleitoral que será veiculado na TV, depois de amanhã, o candidato ao governo Romário (Podemos), na política há 8 anos, tentará se apresentar como um outsider. Dirá que entrou na vida pública por conta da filha Ivy, que tem necessidades especiais. E que, depois, entendeu que sua responsabilidade teria que ir além de legislar para portadores de deficiências físicas. Para reduzir a imagem de marrento do ex-jogador, a propaganda focará na relação de Romário com os seis filhos.

Marina na TV

Já Marina Silva (Rede) dará destaque a seu vice, Eduardo Jorge (PV), no seu primeiro programa eleitoral na TV. A postulante à presidência da República aparecerá conversando com o aliado.

Família e armas

Já Flávio Bolsonaro (PSL) não surpreenderá. Em sua campanha ao Senado, a primeira frase que dirá na TV é: "A família é a base da sociedade, vamos preservá-la". Ele defenderá "o direito à legítima defesa" e uma "retaguarda jurídica" para policiais. Ele gravou ao lado do pai, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

Preço do além

O Rio é uma cidade cara até mesmo para morrer. Segundo levantamento do Ministério Público do estado, o sepultamento em um cemitério municipal parte do valor de R$ 1.799,13. Se o 'adeus' for no São João Batista, em Botafogo, o preço pode chegar a R$ 2.582,42.

Pedido

Presidente da Câmara Municipal, Jorge Felippe (MDB) diz que vai se reunir com vereadores para evitar que as sessões continuem caindo por falta de quórum. Em época de eleição, não raro o Parlamento tem sido visto entregue às moscas.

É que me escapuliu!

Ao receber homenagem na Câmara de Mangaratiba, o vice-prefeito de Itaguaí, Aberlardinho Goulart (PDT), acabou deixando escapar que mora em Mangaratiba. Ocorre que a Lei Orgânica de Itaguaí proíbe que prefeitos e vices morem em outros municípios.

Você pode gostar
Comentários