Por PAULO CAPPELLI

Seja Eduardo Paes (DEM) ou Wilson Witzel (PSC), quem for eleito no domingo terá que lidar com uma realidade difícil. A Coluna obteve com exclusividade a estimativa de receita e a despesa fixada para o ano que vem. Os números foram enviados por Pezão (MDB) à Assembleia Legislativa e já passaram pelo crivo da Comissão de Orçamento da Casa.

A receita prevista em 2019 é de R$ 71,157 bilhões, enquanto a despesa fixada (ou seja, aquela certa de se ter que arcar, desconsiderando-se possíveis imprevistos) é de R$ 79,160 bilhões. Ou seja: déficit estimado de R$ 8,003 bilhões.

Segue

Presidente em exercício da Alerj, André Ceciliano (PT), que pretende permanecer no posto no ano que vem, avalia: "O futuro governador, seja ele quem for, vai precisar trabalhar muito em conjunto com o Legislativo para que nos afastemos dessa crise".

Zap-Zap

As campanhas de Witzel e Paes apostam, mais uma vez, no WhatsApp como fator determinante neste domingo de eleição.

Coisa fina

O vice-governador Francisco Dornelles (PP), que apoia Eduardo Paes, afirma que o ex-prefeito do Rio conseguiu reverter a vantagem de Witzel no interior do estado. Gaiato, afirma: "O Witzel falou que o pessoal do interior gosta de tomar sopa de ervilha e comer bolo de fubá. O pessoal do interior gosta mesmo é de whisky e camarão".

Crença

A outra gaiatice vem do vereador Tarcísio Motta, do Psol. "Muita gente não acredita no PT, mas acredita no Bolsonaro. E, por isso, vota no Fernando Haddad."

Tabuleiro 2020

Uma curiosidade determinada pela Constituição Federal: caso Jair Bolsonaro (PSL) vença a eleição hoje, o filho Flávio Bolsonaro (PSL), eleito senador, fica impedido de disputar a Prefeitura do Rio em 2020. Caso Jair perca, Flávio deverá entrar no pleito.

Bom voto a todos!

Hoje é dia de exercer a cidadania. Viva a democracia!

Boa sorte ao eleito

Melhorar a Segurança com inteligência será o principal desafio a ser enfrentado pelo futuro governador. A foto acima, de Severino Silva, na Maré, ilustra que na guerra atual entre policiais e traficantes não há vencedores.

Você pode gostar
Comentários