Garotinho ajuda a construir base do governo Witzel na Alerj

O ex-governador tem feito reuniões e conversado com deputados e costura também a reeleição de André Ceciliano (PT) à Presidência da Assembleia

Por CÁSSIO BRUNO

Anthony Garotinho
Anthony Garotinho -

Um personagem até então oculto tem atuado nos bastidores para ajudar na construção da base do governo Wilson Witzel na Alerj: Anthony Garotinho, que acaba de deixar o PRP. O ex-governador tem feito reuniões e conversado com deputados. Costura também a reeleição de André Ceciliano (PT) à Presidência da Assembleia.

O filho de Garotinho, deputado federal eleito Wladimir, e o deputado estadual reeleito Bruno Dauaire, inclusive, estão de malas prontas para também saírem do PRP e embarcar no PSC de Witzel. Garotinho ainda não sabe o seu destino partidário. Recentemente, ele e Ceciliano almoçaram para traçar a estratégia contra o avanço do PSL dos Bolsonaro.

A família toda

Clarissa (Pros), filha de Garotinho e reeleita deputada federal, se encontrou com Wilson Witzel no Palácio Guanabara. Ela se "pôs à disposição" para "cuidar dos interesses" do governo estadual, em Brasília.

Procura-se

Garotinho tentou despistar, mas admitiu que tem se encontrado com os deputados. "São eles que me procuram", ressalta o ex-governador.

É passado

Após trocar acusações com Witzel durante a campanha, Garotinho disse à Coluna que a briga "é coisa do passado". "Não estou jogando contra o governo", afirmou.

Dupla em Campos

O filho Wladimir já agendou até a ida de Lucas Tristão, homem forte de Witzel e secretário de Desenvolvimento Econômico, a Campos, base eleitoral da família Garotinho. Eles vão visitar obras.

Neutro?

Witzel recorreu nesta quinta-feira ao Twitter para negar apoio a Ceciliano. A turma do PSL não tem a mesma opinião.

A reunião

O acordo de Witzel com Ceciliano foi fechado no último dia 3, no Palácio Laranjeiras, como revelou a Coluna nesta quarta-feira. O encontro não estava na agenda oficial do governador.

O caixa da Saúde

Witzel afirmava aos quatro cantos que seu então adversário, Eduardo Paes (DEM), era o candidato de Cabral, Pezão e Picciani. Mas nomeou Flávio Carneiro Guedes Alcoforado, muito ligado ao ex-prefeito, como subsecretário de gestão na área da Saúde.

Segue...

A função de Flávio é... fazer o ordenamento de despesas, autorizar ou dispensar a abertura de licitações e assinar acordos e contratos, entre outras.

Em tempo

Flávio também cuidou do caixa da saúde municipal na gestão Paes.

Sem vistoria

Quem precisou nesta quinta dos serviços do posto do Detran, do Largo do Machado, sofreu. Motivo: os três aparelhos de ar-condicionado estavam quebrados. Não havia sequer ventiladores para o público e funcionários.

Atravessou

O clima está péssimo no barracão da Mocidade Independente de Padre Miguel. Os trabalhos são um dos mais atrasados da Cidade do Samba e os salários, veja só, estão atrasados há dois meses.

De saída

Insatisfeito, o carnavalesco Alexandre Louzada deve deixar a escola da Zona Oeste após o desfile no carnaval deste ano.

Comentários