Após confusão e agressões em audiência sobre cotas, Alerj avalia quebra de decoro

Na última segunda-feira (11), deputados e estudantes se enfrentaram durante debate de projeto de lei que visa extinguir as cotas raciais. Em vídeo, deputado estadual Alexandre Knoploch (PSL) é flagrado dando soco em aluno

Por Maria Luisa de Melo

Vídeo mostra confusão entre deputado do PSL e alunos da Uerj
Vídeo mostra confusão entre deputado do PSL e alunos da Uerj -

Depois da confusão que marcou a audiência pública sobre cotas raciais na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), na última segunda (10), a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa (Alerj) começa a analisar, hoje, duas representações. O pedido protocolado por deputados do PSOL, PT e PSB pede a análise da conduta de Rodrigo Amorim e Alexandre Knoploch, do PSL. O último foi flagrado, em vídeo, dando um soco no rosto de um aluno. O comportamento pode culminar em processo no Conselho de Ética. Já na representação do PSL, a alegação é de que a audiência foi realizada em local sem segurança adequada.

PUNIÇÃO VAI DA ADVERTÊNCIA À CASSAÇÃO

Os deputados do PSL alegam ainda que foram impedidos de falar e tiveram assessoras agredidas. Agora, caberá à Mesa Diretora encaminhar os casos ao Conselho de Ética ou à Corregedoria. Uma reunião entre os parlamentares do PSOL, PT e PSB foi realizada a portas fechadas com o presidente, André Ceciliano.
Foi ele quem aconselhou o grupo a registrar o episódio. A classificação do comportamento dos deputados do PSL como quebra de decoro caberá à interpretação da Mesa. Caso a Mesa decida dar prosseguimento ao caso, envia a questão para avaliação do Conselho.
"As punições aplicadas vão da advertência à cassação do mandato", explica o cientista político Paulo Baía.
Presidente da Comissão de Educação, o deputado Flávio Serafini (PSOL) defende a representação feita contra o PSL.
"Desde o início os deputados tentaram usar da violência e da truculência para impedir o andamento da audiência. Ela tem dois objetivos. O primeiro é que a conduta dos deputados, um deles chegou a agredir um estudante, sejam apuradas. O segundo é que a gente consiga restabelecer o trâmite legislativo e o convívio democrático na Assembleia Legislativa. A gente não pode naturalizar a violência como método político".

QUEM TE VIU, QUEM TE VÊ...

Após dizer que também poderia ser cotista por ter sardas espalhadas pelo corpo, há duas semanas, o deputado coronel Salema (PSL) surpreendeu. Após participar de audiência, não fala mais em extinção de cotas raciais, mas propõe um maior controle contra fraudadores nas universidades.

POR MAIS AMOR NO TIRADENTES

O comportamento do deputado Alexandre Knoploch (PSL) foi alvo de piada, ontem, na Comissão de Constituição e Justiça. Chamado de poético durante sua explanação, Luiz Paulo (PSDB) zombou: "É para inspirar o Knoploch".

DECLARAÇÃO NA TRIBUNA

Também em clima de Dia dos Namorados, o deputado Dr. Serginho (PSL) usou a tribuna para agradecer a presença da mulher. Segundo ele, ela percorreu 200 km, para passar o dia coladinha no marido.


REFORÇO PARA O PSC DE WITZEL

O governador Wilson Witzel está fortalecendo seu PSC para as eleições municipais do ano que vem. Levou para seu partido o atual prefeito de Nova Iguaçu, Rogério Lisboa, que deixará o PR. Lisboa será candidato à reeleição na cidade.

CONDENADA NA 'CHEQUINHO' É AFASTADA

Trabalhando oficialmente no governo Witzel desde 20 de março, quando passou a atuar como fiscal do Rio PoupaTempo, Roberta Moura foi afastada. A coluna apurou que um outro funcionário já assumiu as funções que cabiam à Roberta, que, atualmente, era assessora na Secretaria de Desenvolvimento. Ligada à família Garotinho, ela foi condenada por envolvimento em irregularidades envolvendo o cheque cidadão. O afastamento ainda não foi publicado no DO.

ÔNIBUS PARA EVITAR EVASÃO ESCOLAR

A Secretaria Municipal de Educação se comprometeu, ontem, a disponibilizar ônibus, para atender alunos que moram no Vidigal. É que, com a interdição da Avenida Niemeyer, os pais temem aumento da evasão escolar. Eles alegam que os estudantes precisam caminhar quilômetros para chegar às escolas, a maioria na Gávea e no Leblon. A promessa foi feita em reunião, com o deputado estadual Carlo Caiado (DEM). Mas, para garantir a solução do problema, ele aguarda reunião com a juíza cuja decisão impede qualquer veículo de circular na via.

PICADINHO:

- No sábado, Pedro Siqueira lança o livro "Senhora do Sol", na Livraria Leitura do Bangu Shopping, às 15h.

- O Carioca Shopping receberá a 'Campanha de Adoção de Animais' do Projeto Entre Pegadas no sábado.

- Workshop com Melissa Pazos, dia 29, trará técnicas descomplicadas de maquiagem. Inscrições: escoladabelezaedoser@gmail.com.

Comentários