Deputados do PSL do Rio criam táticas antivazamento em aplicativos

Parlamentares do partido de Jair Bolsonaro adotam precauções após vazamento de supostas conversas de Moro e Dallagnol

Por CÁSSIO BRUNO

O plenário da Alerj
O plenário da Alerj -
RIO - Depois do vazamento de supostas conversas do ministro da Justiça, Sergio Moro, e do coordenador da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol, deputados do PSL na Alerj estão com medo que seus celulares sejam hackeados e mensagens, divulgadas. O líder do partido na Assembleia, Dr. Serginho, confirmou à Coluna que os parlamentares têm adotado precauções. “Estamos com receio”, disse. Até um texto circula nos aplicativos dos políticos. “Atenção redobrada com que se escreve e cuidado também com o que envia. Evite ainda armazenar dados em nuvens (disponíveis em qualquer dispositivo de onde possam ser acessados)”

TROCA DE APLICATIVO POR MAIS SEGURANÇA

Além das medidas de segurança no celular, procuradores e deputados trocaram de aplicativos de mensagens para evitar vazamento. Alguns recorreram, por exemplo, ao Signal, considerado mais seguro que o Telegram. As conversas atribuídas a Sergio Moro e à força-tarefa da Operação Lava Jato estão sendo publicadas em reportagens do site “The Intercept Brasil” embora o ministro e os procuradores ainda não tenham reconhecido oficialmente os textos divulgados. A Polícia Federal investiga a ação dos hackers.

CESAR DESCARTA CANDIDATURA DO FILHO

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) fez, na sessão de votação da Reforma da Previdência, o discurso mais importante da carreira política até aqui. “A capacidade de ouvir e de articular são suas características”, disse à Coluna Cesar Maia (DEM), vereador e ex-prefeito do Rio, sobre a atuação do filho no processo que lhe rendeu visibilidade. Sobre planos de uma possível candidatura à Presidência ou ao governo do Rio em 2022, Cesar afirma: “(Rodrigo) Nunca me falou e não acredito nisso”.

GLAUBER É ALVO DE AÇÃO NA CÂMARA

O PSL protocolou ontem ação contra o deputado federal Glauber Braga (Psol-RJ) no Conselho de Ética da Câmara porque o parlamentar chamou o ministro da Justiça, Sergio Moro, de “juiz ladrão” em audiência semana passada. “Como não têm conteúdo, partem para ataques baixos”, disse o vice-líder do governo, deputado Carlos Jordy (PSL-RJ). Glauber respondeu: “É ladrão. Não retiro uma palavra”.

O PRESO VAI PRECISAR MESMO

Morador de São Conrado, o procurador do estado Renan Saad, preso na Lava Jato, teve o nome citado duas vezes na missa das 19h de domingo na igreja do bairro. É que... o padre pediu orações para ele.

BATEU DE FRENTE COM O PASTOR

Ex-secretário de Turismo de Sérgio Cabral (MDB), Ronald Ázaro deixou o PSC após briga com o presidente nacional do partido, pastor Everaldo. Ele negocia, agora, ida para o Avante ou Democracia Cristã.

CADÊ O DINHEIRO DA LAVA JATO?

Em março de 2018, foi anunciado que um convênio entre o Ministério Público Federal e a Secretaria Estadual de Educação destinaria R$ 15 milhões recuperados pela Lava-Jato a 11 escolas. Mas até agora... nada.

SEM CONVÊNIO, MAS REFORMADA

Uma das escolas beneficiadas seria a Walter Orlandini, em São Gonçalo. O deputado Renan Ferreirinha (PSB) informa que a licitação para a reforma está pronta e vai custar R$ 400 mil... sem Lava Jato.

SEM MONITORAMENTO

A Justiça suspendeu, pela segunda vez, as medidas cautelares para obrigar o ex-governador Anthony Garotinho (sem partido) a usar tornozeleira eletrônica.

PICADINHO

Diogo Archanjo Ferreira toma posse hoje como diretor da Câmara Técnica de Inovação e Tecnologia do Sindicarga.

Amanhã, das 9h às 13h, o projeto ‘Novo Olhar’ estará na Faetec de Mesquita com exames de vista e isenção na emissão de RG.

Na Flip, o Espaço Fecomércio RJ, na Pousada Literária, abriga debates sobre temas relacionados ao mercado editorial. Até domingo.


DESCE

SECRETÁRIO DA PM

Pasta de Rogério Figueredo é responsável pela PM, que prendeu mulher inocente com falha em reconhecimento facial.

DESCE

IMPERATRIZ LEOPOLDINENSE

A Liesa confirmou que a escola de samba presidida por Luizinho Drumond desfilará na Série A em 2020.

Comentários