Mais Lidas

Witzel: o risco de antecipar a campanha eleitoral de 2022

Rompimento do governador do Rio com o presidente Bolsonaro terá consequências

Por CÁSSIO BRUNO

Witzel e Bolsonaro: de aliados a possíveis rivais nas eleições de 2022
Witzel e Bolsonaro: de aliados a possíveis rivais nas eleições de 2022 -
RIO - Wilson Witzel (PSC) não esconde de ninguém que governa o Estado do Rio com desejo de ser presidente da República. Tal intenção, externada em entrevistas públicas, provocou uma crise com o clã Bolsonaro, que ainda parece longe do fim. Nos bastidores, pessoas próximas ao governador vêm fazendo análises do atual cenário, e suas consequências em curto e médio prazo. Rompimentos semelhantes, ocorridos no passado, são lembrados frequentemente. Como, por exemplo, a briga de Moreira Franco com José Sarney, no fim dos anos de 1980, que deixou o Rio de Janeiro na penúria.

COALIZÃO É APONTADA COMO SAÍDA

Para evitar sofrer derrotas importantes na Alerj, uma das ideias seria Witzel aderir a um governo de coalizão, fechando coligação institucional com partidos importantes, entre eles DEM, PSD, PP e MDB. De fato, a ordem dada pelo senador Flavio Bolsonaro para que a bancada do PSL migrasse para a oposição ainda não foi posta a prova na Assembleia. O tema tem sido, inclusive, tratado como chacota entre os parlamentares. Só a próxima votação relevante no plenário vai dar a resposta.

PLEITO MUNICIPAL: APOIO RELATIVO

Com a política de forte enfrentamento ao tráfico na área da segurança pública, e o estratégico discurso inflamado para atrair o eleitorado bolsonarista, Witzel acaba atraindo para si críticas de parte da sociedade. E mais: com recursos escassos da máquina estadual para investimentos em infraestrutura, análises indicam que não é garantida a transferência de votos aos candidatos a prefeito no ano que vem. A conferir.

DEM: PLANO DE GOVERNO SEM PAES

Com foco nas eleições, o diretório municipal do DEM lança amanhã o Núcleo de Políticas Públicas (NEEP). O objetivo é construir o plano de governo do partido. Mas... a estrela principal, Eduardo Paes, pré-candidato a prefeito, não estará presente. Paes viajará para Salvador a trabalho pela BYD Motors, onde é presidente para a América Latina.

VETADO PELO PRÓPRIO PARTIDO

O deputado estadual Subtenente Bernardo anda se estranhando com a chefe de sua legenda, Pros, a deputada federal Clarissa Garotinho. Ele quer ser candidato a prefeito em Cabo Frio e não terá legenda.

DOR DE CABEÇA PARA MARINHO

Não apenas o prefeito de Mesquita, Jorge Miranda, deixará o PSDB. Mais gente se prepara para o desembarque do partido comandado por Paulo Marinho, braço-direito no Rio de João Doria, governador de São Paulo.

A FAMÍLIA AINDA NÃO SABE

Há suspeita de que um bebê morto tenha sido incinerado sem querer em um hospital público do Rio. O corpo foi posto em uma das caixas onde ficam órgãos amputados e confundido. A polícia abriu investigação.

FESTAS, BARULHO E ATÉ QUEIMADAS

Moradores do Novo Leblon, na Barra, estão revoltados com o Corpo de Bombeiros. Tudo porque uma turma da corporação não tem respeitado a lei do silêncio numa área cedida a ela na Avenida Dulcídio Cardoso.

E AINDA NEM COMEÇOU

Os vereadores do Rio Professor Adalmir (PSDB) e Professor Célio Lupparelli (DEM), que tentarão a reeleição, já brigam por territórios em busca de votos.

PICADINHO

A Unigranrio, em Caxias, realiza amanhã, quarta e quinta a Semana de Responsabilidade Social em apoio ao Setembro Amarelo.

A Casa do Porto faz, na sexta, às 16h, mesa de debates sobre a importância cultural de João Cândido e aspectos do teatro.

O Passeio Shopping, em Campo Grande, promove o evento ‘Tarde Dançante com Helô Reis’, no próximo dia 28.

DESCE

ADILSON PIRES

O ex-vice prefeito do Rio renunciou à disputa para a diretório municipal do PT. A liderança fica com Tiago Santana.

DESCE

DIRETOR DE TV

João de Faria Daniel foi um dos alvos da Operação Celebrate, no Rio, por suspeita de tráfico de drogas.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários