Deputada Alana Passos (PSL) - Divulgação
Deputada Alana Passos (PSL)Divulgação
Por CÁSSIO BRUNO
Dos 12 deputados do PSL na Alerj, nove foram às redes sociais ou ao plenário declarar apoio a Bolsonaro. “Governador (Witzel), nenhum dos meus 106 mil votos dependeu do senhor. Mas os seus dependeram de mim, do PSL e de ficar grudado no cangote do (senador) Flavio (Bolsonaro)”, atacou Alana Passos . Os que não se mexeram foram Marcelo do Seu Dino, Gustavo Schmidt e Gil Vianna. O Dia