Rosenverg Reis  - Julia Passos
Rosenverg Reis Julia Passos
Por O Dia
Em seu terceiro mandato como deputado estadual, Rosenverg Reis (MDB) tem ações voltadas para Duque de Caxias. Na cidade da Baixada se concentra a base eleitoral de sua família. Ele é irmão do prefeito Washington Reis e do federal Gutemberg Reis, todos emedebistas. Em conversa com a coluna, Rosenverg diz que o MDB é igual nota deR$ 100 amassada no bolso: “não perde seu valor” ao comentar como a sigla pretende retomar o protagonismo após as prisões de alguns de seus líderes. A meta, diz, é comandar pelo menos 50 das 92 prefeituras do Rio em 2020.
Este ano tivemos uma nova legislatura começando e com um perfil diferente das anteriores, sempre tão marcadas por grande número de parlamentares do MDB. Poderia fazer um balanço do ano legislativo?
Publicidade
Eu gostei muito, avancei mais neste mandato do quenos outros dois anteriores. A gente está bem sincronizado com o presidente da Casa e o MDB está bem unido, andamos bem.
Qual projeto de seu mandato podemos destacar?
Publicidade
Estou focado nas barcas para a Baixada Fluminense.Tenho uma lista de projetos.O ar-condicionado nas escolas foi aprovado, o Segurança Presente nos municípios também.
Em que pé está a questão da barca para a Baixada?
Publicidade
Sou integrante da Comissão Especial na Alerj criada para acompanhar a licitação da nova concessionária do transporte aquaviário— em substituição à CCR Barcas —, com a indicação de implantação de novas linhas de barcas e aerobarcos para Duque de Caxias. A comissão surge no momento em que o governo estadual se prepara para realizar a nova licitação, com debate sobre elaboração do edital, de que forma será realizado o distrato com a atual concessionária. O prefeito Washington Reis já até iniciou obras de acesso para a instalação da nova estação hidroviária, a ser construída nos fundos do Hospital Municipal Moacyr do Carmo. Além disso, está trabalhando na infraestrutura para colocar ônibus integrados às barcas. A maquete da estação já foi, inclusive, apresentada recentemente ao secretário estadual de Transportes.
E o Segurança Presente nos municípios?
Publicidade
Sou autor do projeto que autoriza o governo a expandir o programa Segurança Presente a todos os municípios. A lei foi sancionada no fim de outubro e o programa já está em expansão. Apresentei também ao governador a indicação para o programa também no Arco Metropolitano, via que corta a Baixada Fluminense. Também tem a questão dos colégios militares...
Qual sua contribuição no assunto?
Publicidade
Fiz várias indicações e emendei o projeto dos colégios militares do governo para fazer parceria com as prefeituras. As prefeituras podem ceder o prédio, pagar a conta de luz e dividiras despesas do estado. Poderiam também subsidiar os professores policiais. Fazer um convênio e dividir a conta para dar mais velocidade (nas instalações de tais colégios).
Como seu foco é a Baixada, não podemos deixar de comentar a pré-campanha por lá. O atual prefeito, seu irmão, tentará reeleição?
Publicidade
Duque de Caxias tem o maior orçamento da capital e o maior corredor do desenvolvimento. É o maior metro quadrado de logística, de galpões, também tem o Arco Metropolitano, que é muito importante. Temos também a Rio-Petrópolis. Quem se instalar hoje no Rio de Janeiro como empresa não pensa na capital mais, pensa em Caxias. O MDB já tem candidato na cidade e eu sou seu cabo eleitoral.
Qual seria o benefício da reeleição de Washington Reis em Caxias?
Publicidade
Ele se doa 100% para a população de Caxias. Tem mais tempo para a população do que para sua própria família. As pessoas não o veem viajando, nem de férias. Eu também pude contribuir muito com a cidade e enviar emendas para o deputado federal Gutemberg Reis. A ideia do Hospital do Olho, por exemplo. Eu fui o autor da emenda para construir junto com ele e foi um sucesso que atende todo o Rio de Janeiro e a Baixada.
Imagino que exista uma preocupação do MDB para tentar manter pelo menos parte de suas 23 prefeituras no próximo ano, mesmo com o enfraquecimento do partido. Existe alguma mudança interna prevista?
Publicidade
Estamos fomentando o estado todo, lançaremos o máximo possível de candidatos próprios nos municípios.Elegeremos o máximo possível de vereadores, o MDB é forte. Costumo dizer que ele não perde o seu valor. É igual nota de R$ 100 amassada. Pode estar amassado no bolso, mas ainda são R$ 100. E quais os novos nomes que deverão ser lançados pelo partido? São vários. O Rio de Janeiro terá vários nomes vindosde igrejas para concorrer como vereadores.
Quais outras cidades da Baixada vocês estão mais empenhados?
Publicidade
Em Magé, nossa aposta será a Rejane Reis e, em Belford Roxo, o Waguinho. Nossa meta é reelegê-lo já em primeiro turno.
O MDB conseguirá fazer novas prefeituras?
Publicidade
Dos 92 municípios, precisamos passar de 50.