Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, no Fundão - Reprodução
Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, no FundãoReprodução
Por ADRIANA CRUZ

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região determinou que a União, o Estado e o município do Rio têm que fornecer o medicamento com o princípio ativo do Tosilato de Sorafenibe a um paciente de câncer hepático. O autor da ação faz tratamento contra a doença no Hospital Clementino Fraga Filho, no Fundão, da Universidade Federal do Rio. A droga não é distribuída pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e custaria ao usuário R$ 6,6 mil mensais. O remédio está sendo objeto de consulta pública no Ministério da Saúde desde março.

Você pode gostar
Comentários