O contraventor Anísio Abrahão David, da Beija Flor - Daniel Castelo Branco
O contraventor Anísio Abrahão David, da Beija FlorDaniel Castelo Branco
Por ADRIANA CRUZ

A operação Furacão que levou os capos do jogo do bicho para a cadeia, em 2007, entre eles Aniz Abrahão, o Anísio, da Beija-Flor, está mais uma vez em compasso de espera no Tribunal Regional Federal 2. O julgamento que poderia colocá-los de novo atrás das grades que seria hoje foi cancelado.

O processo já ficou dois anos na ‘geladeira’ quando o ministro Marco Aurélio, do Supremo, o suspendeu, em 2016, por causa da discussão sobre a possibilidade de escutas telefônicas sucessivas por mais de 30 dias. Eles já foram condenados na 1ª instância a mais de 47 anos.

Você pode gostar
Comentários