Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos
Publicidade

Luiza Brunet vai recorrer da decisão da Justiça de não reconhecer sua união estável com Lírio Parisotto

Modelo pede metade dos bens adquiridos pelo ex no período em que estiveram juntos

Pedro Valentim

[email protected]
Buscar
Assine
Luiza Brunet vai recorrer da decisão da Justiça de não reconhecer sua união estável com Lírio Parisotto
Lírio Parisotto e Luiza Brunet - Reprodução internet
Lírio Parisotto e Luiza BrunetReprodução internet
Por O Dia

A assessoria jurídica de Luiza Brunet entrou em contato com a coluna para informar que a modelo vai recorrer da decisão da Justiça de não reconhecer a união estável dela com o ex-companheiro, o empresário Lírio Parisotto. Com a decisão, a modelo não tem direito a metade dos bens ganhos pelo ex, que segundo a revista Forbes, é um dos homens mais ricos do Brasi. A fortuna dele é superior a US$1,43 bilhão. 

O juiz Leonardo Aigner Ribeiro definiu que Luiza, além de não ter direito a nada, terá que pagar inclusive as custas do processo, valor anteriormente divulgado pela coluna que seria de R$ 1 milhão. Mas a assessoria da modelo afirma veementemente que o valor está bem abaixo do que foi noticiado. 

De acordo com Pedro Fonseca, advogado de Luiza, a sentença não reflete a prova dos autos: "acreditamos na Justiça e temos certeza que o Tribunal reformará a decisão."

Esta é a segunda a ação movida por Luiza Brunet contra seu ex, Lírio Parisotto, na 4ª Vara de Família e Sucessões de São Paulo. Nesta ação, a modelo pedia R$ 100 milhões ao ex, pois segundo ela, eles viveram por 5 anos como marido e mulher, o que daria a ela o direito a metade dos bens ganhos por Parisotto neste tempo.

 

 

Lírio Parisotto e Luiza Brunet - Reprodução internet
Lírio Parisotto e Luiza BrunetReprodução internet
Por O Dia

A assessoria jurídica de Luiza Brunet entrou em contato com a coluna para informar que a modelo vai recorrer da decisão da Justiça de não reconhecer a união estável dela com o ex-companheiro, o empresário Lírio Parisotto. Com a decisão, a modelo não tem direito a metade dos bens ganhos pelo ex, que segundo a revista Forbes, é um dos homens mais ricos do Brasi. A fortuna dele é superior a US$1,43 bilhão. 

O juiz Leonardo Aigner Ribeiro definiu que Luiza, além de não ter direito a nada, terá que pagar inclusive as custas do processo, valor anteriormente divulgado pela coluna que seria de R$ 1 milhão. Mas a assessoria da modelo afirma veementemente que o valor está bem abaixo do que foi noticiado. 

De acordo com Pedro Fonseca, advogado de Luiza, a sentença não reflete a prova dos autos: "acreditamos na Justiça e temos certeza que o Tribunal reformará a decisão."

Esta é a segunda a ação movida por Luiza Brunet contra seu ex, Lírio Parisotto, na 4ª Vara de Família e Sucessões de São Paulo. Nesta ação, a modelo pedia R$ 100 milhões ao ex, pois segundo ela, eles viveram por 5 anos como marido e mulher, o que daria a ela o direito a metade dos bens ganhos por Parisotto neste tempo.

 

 

Publicidade
mais notícias