Caixa anuncia juros a partir de 6,5% ao ano para financiar terrenos

Taxa também vale para construir a casa dos sonhos

Por Cristiane Campos

Caixa anuncia medidas para quem deseja construir a casa do seu jeito e precisa de dinheiro para reforçar o orçamento
Caixa anuncia medidas para quem deseja construir a casa do seu jeito e precisa de dinheiro para reforçar o orçamento -
Caixa volta a financiar lotes urbanizados e a construção individual da casa dos sonhos com condições ainda mais especiais por conta do aumento na procura de imóveis maiores devido a pandemia. Os juros variam entre 6,5% e 8,5% ao ano mais TR (Taxa Referencial). Além disso, o banco reformulou a linha home equity em que a pessoa deixa o seu imóvel como garantia no empréstimo e usa o dinheiro para qualquer finalidade. Com isso, a modalidade passa a ser uma das mais competitivas do mercado.

Para quem planeja comprar um terreno, o financiamento varia de R$ 50 mil e R$ 1,5 milhão, com taxa de juros efetiva de 8,5% ao ano mais TR. O percentual do empréstimo pode chegar a 70% sobre o valor de avaliação do lote e prazo de até 240 meses para pagamento da dívida.

Outra novidade é que nas modalidades "Aquisição de Terreno e Construção" e "Construção em Terreno Próprio", a Caixa passará a ofertar também taxas de juros customizadas que podem chegar a 6,5% ao ano mais TR. Neste caso, é para o cliente que tem relacionamento com o banco. As medidas começam a valer a partir do dia 3 de agosto. Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, as medidas de isolamento social decorrentes da pandemia despertaram nas famílias o interesse por novas formas de habitação com o aumento da procura por moradias horizontais: casa com quintal, espaço, proximidade com a natureza, sem aglomerações ou elevadores. "Com a retomada dessas modalidades de crédito, os clientes da Caixa poderão concretizar projetos e realizar o sonho de construir sua casa. Mais uma vez, o Banco da Habitação oferece soluções para atender às diversas necessidades dos cidadãos", diz Guimarães.

Empréstimo com imóvel como garantia

As novas condições e taxas de juros valem para novos contratos e estarão vigentes a partir da próxima segunda-feira (03/08) - Divulgação
A Caixa reformulou a linha de crédito para pessoas físicas, sem destinação específica, com imóvel em garantia (home equity). Denominada Real Fácil Caixa, a modalidade tem como principal vantagem a taxa de juros reduzida em comparação a outras modalidades de crédito pessoal. Ao contratar o empréstimo, o cliente pode optar pela forma de atualização do crédito, que poderá ser pela TR, IPCA ou Taxa Fixa. Podem ser oferecidos como garantia para o Real Fácil Caixa imóveis residenciais ou comerciais. Nesta primeira fase de relançamento da linha de crédito, o imóvel utilizado como garantia deve ser sem ônus (quitado e registrado no cartório de Registro de Imóveis). O sistema de amortização também fica a critério do cliente que pode escolher entre Sistema de Amortização Constante (SAC) ou Sistema Francês de Amortização (Price). A modalidade reformulada vale para novos contratos e estará disponível a partir do dia 3 de agosto.

Linha de crédito com garantia de imóvel ainda financiado

A Caixa vai lançar na segunda fase do Real Fácil Caixa condições que vão contemplar a aceitação de imóvel com ônus como garantia de novas operações, de acordo com as novas regras anunciadas pelo Banco Central. Conforme dados do BC, o mercado tem uma carteira de home equity de R$ 11 bilhões. Para se ter ideia, a Caixa é detentora de 32% desse volume, liderando este mercado no país. Recentemente, o BC anunciou novas regras que permitem ao cliente contratar operação de crédito oferecendo como garantia imóvel que já esteja alienado fiduciariamente a uma operação de crédito junto à instituição financeira por meio de compartilhamento.

Comentários