Na hora da comprar, verifique se o chuveiro é compatível com a fiação existente e a capacidade dos disjuntores - Freepik
Na hora da comprar, verifique se o chuveiro é compatível com a fiação existente e a capacidade dos disjuntoresFreepik
Por Cristiane Campos
Com o termômetro nas alturas, já que estamos em pleno verão, não podemos deixar de lado os cuidados para aumentar a vida útil do chuveiro. De acordo com André Amado, gerente da Allianz Assistance, empresa de assistência 24 horas, é preciso estar atento a detalhes como a escolha do modelo e a limpeza periódica do mesmo. “Na hora da compra, verifique se o chuveiro desejado é compatível com a fiação existente e a capacidade dos disjuntores. Outro ponto de atenção é verificar a pressão de água no local que será instalado”, orienta Amado.

Ele explica que, com o passar do tempo, o chuveiro pode ficar bloqueado com sujeiras e, com isso, o fluxo de água diminui. “O primeiro sinal do entupimento é a diminuição da força e a mudança de direção do jato. Nesse caso, é necessário abrir o chuveiro e limpar com uma escova de dentes ou uma escova própria para unhas”, recomenda o especialista.

Vale também prestar a atenção na mangueira, pois se tiver uma dobra ou torção, pode acabar impedindo o fluxo comum. Outra atitude simples apontada por Amaro é em relação a vários eletrodomésticos estarem conectados no mesmo circuito elétrico. “Nesse caso, se todos estiverem operando ao mesmo tempo, pode prejudicar no desempenho do chuveiro. Além disso, evite ligar equipamentos que exigem o abastecimento de água, como a máquina de lavar-louças, isso pode reduzir o fluxo que chega ao banheiro”, ressalta.

Já com relação à mudança de temperatura, o gerente da Allianz Assistance indica que, para chuveiros convencionais, a dica é sempre fechar o registro. “Apenas no chuveiro eletrônico o ajuste pode ser feito em funcionamento. Ainda sobre a questão de temperatura, o ideal é não tomar banhos muito quentes. Além de ser prejudicial para pele, a água muito quente exige uma alta potência, que pode sobrecarregar e danificar a resistência”, alerta.