Idosos continuam trabalham após aposentadoria para aumenta renda

Apesar da questão financeira ser um ponto relevante para aqueles que optam por não parar, 76% dos idosos encaram o trabalho de forma positiva nessa fase da vida

Por O Dia

Rio - Um levantamento realizado em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que sete em cada dez idosos (70%) estão aposentados. Desse total, 21% continuam trabalhando e uma das principais razões é o fato de a renda não ser suficiente para pagar as contas. Já 48% disseram que querem se sentir produtivos nessa fase da vida e 46% buscam manter a mente ocupada.

Apesar da questão financeira ser um ponto relevante para aqueles que optam por não parar, 76% dos idosos encaram o trabalho de forma positiva nessa fase da vida. Tanto que um terço (30%) destes menciona sentir satisfação por estar trabalhando e poder produzir, enquanto 20% têm orgulho de manter sua independência, ao passo que 18% disseram gostar do que fazem e ainda possuem muitos projetos a serem realizados.

Quanta demora!

Comprei um armário que está com o fundo quebrado. Pedi a troca da peça, porém eles não fazem. Queriam trocar o produto, mas eu teria que pagar a montagem, por isso não aceitei. Ofereceram um vale compras e eu permaneceria com o armário com defeito. Aceitei. Não recebi nem o vale e nem troca da peça quebrada. Renata Barbosa dos Santos - Piratininga, Niterói.

O Shoptime.com entrou em contato com a cliente Renata, esclareceu e solucionou a questão. Assessoria de Imprensa Shoptime.

Portabilidade

Vi uma promoção e fiz a portabilidade da TIM para a OI. Neste meio tempo a TIM recebeu a notificação de portabilidade e entrou em contato comigo oferecendo um plano melhor. Resolvi ficar com a TIM. Agora recebo dois boletos de cobrança da Oi referentes a serviço que nem usei. João Paulo Carvalho Silva, Pita - São Gonçalo.

A Oi entrou em contato com o cliente Sr. João em 04/12 e informou que fez o cancelamento do telefone com ele solicitou, com isenção de multa e cancelou as faturas em questão. Assessoria de Imprensa Oi.

Linha muda

Em janeiro deste ano adquiri uma linha de telefone fixo da Vivo, mas não consigo utilizá-la. As poucas vezes que preciso usar ou a linha está muda ou a ligação cai. Já liguei diversas vezes para o SAC da Vivo, já agendaram até visita técnica, mas o serviço não é normalizado. Preciso resolver esse problema! Sérgio Siqueira do Nascimento, Duque de Caxias - Rio de Janeiro.

A Vivo informa que, após ajustes técnicos, o serviço do Sr. Sérgio está funcionando normalmente. A empresa informa ainda que o cliente será ressarcido com crédito em conta telefônica, com vencimento em 15/01/19, com valor correspondente ao período em que o serviço apresentou problema. Assessoria de Imprensa Vivo.

Com defeito

No dia 10/11 comprei uma geladeira pelo site do Carrefour. Recebi um produto avariado e foi feita a devolução. Até o momento continuo sem geladeira e sem nenhuma resposta por parte do Carrefour sobre quando a entrega será realizada. Kátia Rodrigues, Fragoso - Magé.

A rede informa que, em contato com a Sra. Kátia Maria Rodrigues de Oliveira, confirmou o envio do produto em questão ao endereço informado pela cliente, com prazo de entrega até 24/12/2018. Assessoria de Imprensa Carrefour.

Dúvidas frequentes - Solon Tepedino, advogado trabalhista

A contratação temporária é prestada por um empregado a uma empresa para atender as necessidades de substituição provisória de um empregado ou para suprir um aumento transitório de serviços, como por exemplo, os extras de fim de ano. Segundo o advogado trabalhista Solon Tepedino, este contrato deve ser por escrito, devendo constar a qualificação, demanda de trabalho, prazo, valores e disposições sobre a segurança e saúde do trabalhador.

"Com a Reforma Trabalhista esse tipo de contrato pode ser de 180 dias, sendo possível a sua prorrogação por mais 90 dias. Havendo a término do contrato, o empregado terá direito ao saldo de salário, férias proporcionais acrescidas do terço constitucional e 13º salário proporcional", explica o especialista.

 

Comentários