Seleção feminina de vôlei entra na reta final para o Mundial

Após o quarto lugar na Liga das Nações e quatro derrotas em amistosos para os Estados Unidos, time brasileiro disputa a Montreux Volley Masters, a partir de terça-feira, na Suíça

Por O Dia

Seleção brasileira feminina de vôlei quer acertar últimos detalhes para o Mundial
Seleção brasileira feminina de vôlei quer acertar últimos detalhes para o Mundial -

A Seleção feminina de vôlei embarca neste sábado para a disputa da Montreux Volley Masters, na Suíça, de 4 a 9 de setembro, na reta final de preparação para o principal desafio do ano. A equipe brasileira que vem de um quarto lugar na Liga das Nações e de quatro derrotas em amistosos com os Estados Unidos persegue o título inédito do Campeonato Mundial, que será realizado de 29 de setembro a 20 de outubro, no Japão.

No torneio suíço, a estreia será contra a Rússia. Polônia e Camarões são os outros adversários do Brasil no Grupo B. A expectativa é utilizar a competição para acertar os últimos detalhes para o Mundial. "A gente vai jogar com grandes equipes, como a Rússia. É bom para fazer o preparo para o Mundial. O foco é esse: crescimento. O momento é pensar na gente, no que temos que melhorar e trabalhar em cima disso", destaca a levantadora Roberta. "A gente teve quatro jogos contra os Estados Unidos e vimos o quanto precisamos crescer para jogar contra elas, com um jogo muito rápido. Não vamos encontrar jogos de tanta velocidade lá, mas precisamos nos preparar para o Mundial. Precisamos cada vez mais ganhar essa força", completa Roberta.

Um retorno aguardado é o de Fernanda Garay, ouro em Londres-2012, que não joga pelo país desde a Rio-2016, e voltou a treinar com o grupo brasileiro em julho. Natália, outra campeã olímpica, começou a temporada investindo num tratamento para se recuperar de uma tendinite crônica no joelho direito e estar 100% para o Mundial. Já a bicampeã olímpica Thaisa, que voltou a defender o Brasil na Copa Pan-Americana pouco mais de um ano após ter operado o joelho esquerdo, espera ganhar ritmo em Montreux.