Prefeitura convocará 208 professores aprovados em concurso

O passo à frente na fila de espera vai contemplar 72 professores de Ensino Infantil e outros 136 para o Ensino Fundamental

Por Max Leone (interino)

Os alunos que já estudam na rede municipal de ensino serão rematriculados automaticamente -

Rio - Uma nova leva de professores aprovados em concurso público será chamada para dar aula na rede municipal de ensino do Rio. O prefeito Marcelo Crivella autorizou nesta quarta-feira a Secretaria de Educação a convocar mais 208 docentes a fim de suprir as vagas de mestres que se aposentaram ou morreram recentemente, abrindo possibilidade de preenchimento dessas oportunidades na rede.

A convocação leva em conta que o município não pode ultrapassar o limite de gastos previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e será publicada nos próximos dias no Diário Oficial do Município.

O passo à frente na fila de espera vai contemplar 72 professores de Ensino Infantil e outros 136 para o Ensino Fundamental. De acordo com a prefeitura, os novos servidores municipais terão prazo de 30 dias para se apresentarem à Secretaria de Educação, após a publicação da convocatória no DO. Caberá também à pasta definir a lotação dos professores. O objetivo é que os convocados comecem a dar aula ainda neste ano letivo.

Grupo anterior chamado em julho

Em um outro grupo de professores convocados, a Prefeitura do Rio chamou, no começo do mês de julho, outros 198 docentes concursados.

Na ocasião, foram 37 profissionais de Educação Infantil e 46 direcionados para o Ensino Fundamental dos anos iniciais, além de 115 professores de Ensino Fundamental para os anos finais do segmento.

Especialidades

Os 115 professores de Ensino Fundamental para anos finais tinham especialidades: 40 eram de Educação Física, 27 iriam lecionar Matemática, 22 tinham especialização em Geografia, 11 em Artes Plásticas, 11 em Educação Musicial e quatro em Artes Cênicas. Foram chamados para atuar em sala de aula já no segundo semestre e distribuídos por todas as Coordenadorias Regionais de Educação (CREs).

Paralisação

Os profissionais da rede de ensino de São Gonçalo entram em greve por tempo indeterminado a partir desta sexta-feira. A categoria vem mantendo desde 31 de julho carga horária reduzida, para que as unidades discutam a proposta de paralisação e elejam seus representantes no comando de greve. A próxima assembleia será na segunda-feira, às 9h, no CM Castelo Branco. Após haverá passeata até a prefeitura.

Reavaliação

Os policiais militares que estão afastados de suas atividades por questões psiquiátricas terão que se submeter a uma reavaliação médica. O interventor federal na área da Segurança Pública do Estado do Rio, general Walter Braga Netto, baixou decreto ontem no Diário Oficial do Estado que determina que a PM instaure juntas de Saúde para reexaminar todos os licenciados.

Junta médica

Pelo Decreto 16, publicado ontem no DO do estado, as juntas médicas vão atuar em caráter extraordinário em um mutirão de revisão dos afastamentos. Elas serão compostas por três oficiais médicos, sendo um obrigatoriamente da Polícia Militar e os outros dois componentes das Forças Armadas. As normas de perícias seguidas serão as usadas pela PM.

Até 31 de dezembro

O processo de reavaliação dos policiais militares afastados será feito até 31 de dezembro de 2018. A intervenção federal espera, com o apoio de profissionais das Forças Armadas, obter mais qualidade do atendimento aos PMs em tratamento. Os interventores também acreditam que as condições de trabalho dos profissionais de Saúde que fazem os exames de reavaliação dos policiais serão melhoradas.

Gabinete decidiu

A decisão de fazer o mutirão de revisão partiu do gabinete de intervenção da Segurança Pública no Rio. O motivo da iniciativa foi a constatação de aumento considerável da quantidade de pedidos de licenças por questões psiquiátricas envolvendo PMs nos últimos anos. O movimento acabou sobrecarregando o quadro de oficiais médicos da corporação, impossibilitando a realização de perícias e avaliação dos pedidos feitos.

Comentários

Últimas de Servidor