ALERJ APROVARIA

s

Por

A emenda de Paulo Ramos inviabiliza a venda da Cedae e o estado já obteve empréstimo de R$ 2,9 bilhões com ações da companhia como garantia. A de Rejane retira a necessidade de aval do Conselho de Supervisão da recuperação fiscal para que o Plano de Carreiras (PCCS) da Saúde seja implementado. Os parlamentares da Alerj aprovariam os aditivos ao texto. E isso, segundo os governistas, retiraria o Estado do Rio do regime de recuperação.

 

Comentários

Últimas de Servidor