Vereadores Renato Cinco (à esquerda), Júnior da Lucinha (centro) e Luparelli discutiram como será conduzida a CPI - Divulgação
Vereadores Renato Cinco (à esquerda), Júnior da Lucinha (centro) e Luparelli discutiram como será conduzida a CPIDivulgação
Por PALOMA SAVEDRA

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara dos Vereadores do Rio, que apura denúncias de assédio moral no âmbito da Secretaria Municipal de Educação, terá mais uma audiência na próxima quarta-feira (dia 26). A professora cujo relato motivou o pedido de CPI será ouvida.

Segundo a denúncia, a servidora foi afastada das funções e enfrenta dois processos internos por ter colado cartazes fora da escola questionando a gestão da secretaria.

Além da professora, os membros da Comissão ouvirão uma testemunha de Flávia. A sessão é abeta e ocorrerá às 13h. A CPI é presidida por Renato Cinco (PSOL) e tem Célio Lupparelli (DEM) como relator. Jr da Lucinha (MDB), Tiãozinho do Jacaré (PRB) e Marcelino D'Almeida (PP) também integram a comissão.

Você pode gostar
Comentários