Por PALOMA SAVEDRA

A taxação de inativos do Município do Rio começa a valer na folha salarial de outubro (que será quitada até o quinto dia útil), mas com um cálculo valendo apenas para oito dias de desconto. Isso porque a cobrança de contribuição previdenciária de 11% na parte dos benefícios de aposentados e pensionistas que ganham acima de R$ 5.645,80 (teto do INSS) só pode começar 90 dias após a publicação da lei.

Dessa forma, segundo o Previ-Rio, a título de exemplo, no caso de uma pessoa com salário bruto de R$ 6.645,80, a conta será a seguinte: aplicar os 11% sobre R$ 1 mil que é a diferença entre o valor dos vencimentos (R$ 6.645,80) e o teto do INSS (R$ 5.645,80). O resultado será R$ 110. Depois, deve-se multiplicar por oito e subtrair por 30.

Então, esse servidor pagará R$ 29,33 de contribuição para a previdência municipal em outubro.

Você pode gostar
Comentários