Secretário estadual de Fazenda nega boatos de parcelamento do salário de março

Depósito será feito no décimo dia útil (12 de abril), afirmou Luiz Cláudio Carvalho, que também afastou possibilidade de antecipação

Por PALOMA SAVEDRA

Secretário de Fazenda do Estado do Rio, Luiz Cláudio Carvalho
Secretário de Fazenda do Estado do Rio, Luiz Cláudio Carvalho -

Rio - O governo do Estado do Rio vai pagar o salário de março aos mais de 400 mil servidores ativos, aposentados e pensionistas em 12 de abril — décimo dia útil. O depósito será integral, ou seja, não haverá parcelamento, garantiu à Coluna o secretário estadual de Fazenda, Luiz Cláudio Carvalho.

A confirmação do pagamento de forma integral afasta os boatos que circulam entre as categorias de que, este mês, os salários serão parcelados. Carvalho negou esse risco.

"Não será parcelado", disse ele, acrescentando que o dinheiro estará na conta do funcionalismo no décimo dia útil, também sem possibilidade de antecipação. 

Prazo oficial

No calendário oficial do estado, o depósito dos vencimentos do funcionalismo do Executivo ocorre no décimo dia útil. A data vale desde março de 2016, quando o governo, na gestão do então governador Luiz Fernando Pezão — preso desde novembro, alvo da Operação Boca de Lobo, um desdobramento da Lava Jato —, editou decreto estipulando esse prazo. 

Antes da crise financeira estourar, no fim de 2015, os salários dos servidores da ativa eram quitados até o segundo dia útil do mês seguinte ao trabalhado. Aposentados e pensionistas recebiam o pagamento antes.

Comentários