Servidores ativos e aposentados da Alerj terão descontos de 50% em cursos

Parceria firmada entre o Legislativo e a Estácio garantirá abatimentos na graduação e pós-graduação; benefício se estenderá a dependentes

Por PALOMA SAVEDRA

Convênio beneficiará também dependentes dos servidores
Convênio beneficiará também dependentes dos servidores -

Os cerca de 4.700 servidores ativos e mais de 600 aposentados da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) vão passar a ter desconto de 50% em cursos de graduação da Estácio e de 40% nos de pós-graduação. O programa — que não inclui a Faculdade de Medicina — será fruto de convênio que a Casa vai firmar com a instituição, na próxima semana, e contemplará os dependentes desses vínculos, alcançando, assim, quase 20 mil pessoas.

Assinarão o acordo, na quinta-feira, o presidente da Estácio, Eduardo Parente; o presidente da Alerj, André Ceciliano (PT); o primeiro-secretário, deputado Marcos Muller (PHS), e o diretor-geral da Assembleia, Wagner Victer.

A instituição também ministrará aulas na Escola do Legislativo do Estado. E a expectativa é que mais parcerias com outras universidades e cursos diversos sejam fechadas para a oferta de facilidades em matrículas e abatimento nas mensalidades.

O projeto faz parte das iniciativas da nova direção da Alerj, com foco na modernização da gestão pública. O Legislativo vai promover capacitação aos cerca de 60 gerentes fiscais de contrato. O curso será ministrado por instrutores do Tribunal de Contas do Estado (TCE) na Escola do Legislativo do Estado, nos próximos dias 24 e 25. Devem ser oferecidos cursos a funcionários estatutários e comissionados que exercem outras funções.

Comentários