Vinte mil servidores e dependentes vão ser beneficiados com convênio entre Alerj e Estácio

Acordo garante descontos de até 50% em cursos técnicos, de graduação e pós-graduação

Por O Dia

Convênio entre Alerj e Estácio foi assinado na última quinta-feira
Convênio entre Alerj e Estácio foi assinado na última quinta-feira -

Cerca de 20 mil pessoas, entre servidores ativos e aposentados da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), e seus dependentes, serão beneficiados com descontos de até 50% em cursos da Estácio. A parceria foi firmada pelos presidentes da Casa, André Ceciliano (PT), e da instituição de ensino, Eduardo Parente, na última quinta-feira, no Campus Tom Jobim, na Barra da Tijuca, Zona Oeste.

O convênio tem validade de cinco anos — renováveis automaticamente por igual período — e garante desconto de 50% nas mensalidades dos cursos de graduação para as inscrições que ocorrerem a partir do segundo semestre deste ano. No caso das pessoas que se inscreverem em 2020, o desconto será de 40%. Só está fora do acordo o curso de Medicina. 

O benefício é válido para todas as unidades da Estácio no Estado do Rio. O presidente da Alerj ressaltou que a assinatura do convênio é uma das iniciativas de aprimoramento da gestão da Casa.

"Conseguimos um desconto significativo para os nossos servidores e seus dependentes. A Estácio está espalhada por todo o Estado do Rio com uma gama de cursos bem variados, o que facilita os estudos dos funcionários”, afirmou Ceciliano. 

Também assinaram o convênio o primeiro-secretário da Alerj, deputado Marcos Muller (PHS), e o diretor-geral da Casa, Wagner Victer. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários