Agentes de Segurança do Rio vão a Brasília participar de ato contra PEC de Bolsonaro

Manifestação será na Esplanada dos Ministérios

Por PALOMA SAVEDRA

Esplanada dos ministérios
Esplanada dos ministérios -
Base eleitoral do presidente Jair Bolsonaro, policiais civis estaduais e federais farão um ato hoje, em Brasília, contra a Reforma da Previdência. Mudanças nas regras voltadas a essas categorias estão previstas na PEC 6 — que abrange todo o funcionalismo civil. E os agentes reclamam que as peculiaridades das carreiras foram ignoradas no texto, e que militares das Três Forças estão recebendo um tratamento diferenciado.
A manifestação é organizada pela União dos Policiais do Brasil (UPB) e está marcada para as 11h, na Esplanada dos Ministérios. Lideranças do Rio vão marcar presença.
"Não somos inteiramente contrários à reforma, mas exigimos que o sacrifício previsto na PEC seja compatível à atividade de risco que exercemos, que é claramente maior que a das Forças Armadas", declarou o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Rio (Sindpol), Marcio Garcia, que participará do ato.
 
 
 
 
 

Comentários