Além de ajudar os parceiros do projeto, participantes podem fazer videochamadas com pessoas hospitalizadas ou idosos em asilos - Paulo Carneiro
Além de ajudar os parceiros do projeto, participantes podem fazer videochamadas com pessoas hospitalizadas ou idosos em asilosPaulo Carneiro
Por O Dia
Tempos de pandemia e de solidariedade também. Amanhã, mais de 100 aprovados - além de reprovados - no último concurso da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, realizado em 2014, estarão no Hemorio para doação de Sangue. O grupo se concentrará às 8h em frente à unidade, que fica na Rua Frei Caneca 8, Centro da cidade.
De acordo com as informações, a iniciativa foi idealizada pelo capitão da PMERJ, Jorge Portella. "Devido à pandemia gerada pela covid-19, o Hemorio perdeu cerca 50% das suas doações de sangue e nós, policiais militares e agentes da Segurança Pública, temos o dever de atuar, não só nos combates aos delitos diários, mas também na ação de prevenir e proteger vidas. Por isso, criamos a campanha que deve circular entre todos os companheiros da Segurança Pública", disse o militar.

A ideia é que a ação alcance as outras instituições que compõem a Segurança Pública, associações e sindicatos.