Comissão de candidatos que fizeram concursos para a Seap marcou presença em várias sessões na Alerj para cobrar interlocução dos parlamentares - Agência O DIA
Comissão de candidatos que fizeram concursos para a Seap marcou presença em várias sessões na Alerj para cobrar interlocução dos parlamentaresAgência O DIA
Por O Dia
O Ministério Público do Rio vai analisar as pendências dos concursos de 2003, 2006 e 2012, realizados pela Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap), e que são alvo de reclamações de candidatos. Eles têm feito diversas manifestações pedindo a convocação.

Nesta terça-feira (18), em reunião solicitada pelo deputado Bruno Dauaire (PSC), presidente da Comissão de Servidores da Assembleia Legislativa do Rio, o procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, informou que vai analisar a legalidade dos processos e marcar uma nova reunião.

"O encontro foi muito positivo, o procurador-geral entendeu as demandas dos aprovados e quer ajudar. Se comprometeu em reunir todas as informações sobre os concursos e nos dar uma resposta", afirmou Dauaire.

Embora haja lei suspendendo prazo, a Procuradoria-Geral Geral do Estado (PGE) emitiu parecer confirmando a expiração das seleções e impossibilidade de chamamento.

Os deputados Rodrigo Amorim (PSL) e Luiz Paulo (PSDB) também participaram do encontro.