Prefeitura do Rio corre contra o tempo para quitar parte do abono - Divulgação
Prefeitura do Rio corre contra o tempo para quitar parte do abonoDivulgação
Por O Dia
A Prefeitura do Rio, por meio do Instituto de Previdência e Assistência do Município (Previ-Rio), depositou nesta quinta-feira mais um lote de benefícios assistenciais ao funcionalismo. 
Segundo o Previ-Rio, ao todo, foram pagos um crédito em pecúlio, no valor de R$ 5.473,33; dois créditos de auxílio-funeral, no valor de R$ 2.025,10; 179 créditos de auxílio-medicamento, no valor de R$ 38.724,86 e 46 créditos de auxílio-moradia, no valor de R$ 9.951,64.

Os benefícios assistenciais podem ser solicitados na página do instituto (http://previ.rio).
Publicidade
Espera sem fim pelo 14º salário
Alegando dificuldades financeiras, a Prefeitura do Rio mantém uma dívida com o funcionalismo municipal: o 14º salário, que deveria ter sido pago em 2017 aos servidores da ativa, ficará pendente, como a coluna mostrou nesta sexta-feira.
Publicidade
Conhecido como 14º pelas categorias, o acordo de resultados de 2016 vinha sendo reivindicado pelos servidores desde 2017. Mas não há a menor previsão. 
 
Publicidade