Previ-Rio é a autarquia responsável por administrar os benefícios dos servidores ativos, aposentados e pensionistas - Daniel Castelo Branco
Previ-Rio é a autarquia responsável por administrar os benefícios dos servidores ativos, aposentados e pensionistasDaniel Castelo Branco
Por O Dia
O Instituto de Previdência e Assistência do Município do Rio de Janeiro (Previ-Rio) adiou para o dia 18 de fevereiro o início do prazo para servidores recorrerem contra o indeferimento da comprovação do uso do auxílio-creche em 2020. O período começaria hoje, dia 8.
Os beneficiários tiveram que comprovar o uso correto do auxílio. O instituto então avaliou as documentações exigidas, sendo que algumas não foram aceitas. Neste caso, se mesmo após o prazo de recurso o servidor não tiver sua declaração aceita, terá de devolver os valores e também não poderá solicitar o mesmo benefício em 2021.
Publicidade
No entanto, o servidor tem prazo para recorrer contra essa análise. Ou seja, todos que tiveram suas informações rejeitadas devem ficar atentos ao novo prazo para entrar com recurso.
LISTA NA SEMANA QUE VEM
Publicidade
A lista com os nomes dos segurados que receberam o auxílio no ano passado e que apresentam pendências na comprovação será publicada na edição do Diário Oficial, de 18 de fevereiro, e também na página do Previ-Rio, no endereço: http://www.rio.rj.gov.br/previrio.
CONFIRA CADA CASO

Em caso de indeferimento por motivo de "documento de comprovação inválido" ou "comprovação parcial", o requerente deverá apresentar nova declaração original do estabelecimento de ensino, garantindo que o menor esteve matriculado durante os meses que utilizou o benefício no ano de 2010, em papel timbrado, assinado pelo responsável da escola com respectivo carimbo, contendo ato da autorização de funcionamento e CNPJ.
Publicidade
Já para o indeferimento por motivo de "documento de comprovação não entregue", não caberá recurso, uma vez que o prazo para apresentação se encerrou em 31 de janeiro.
NOVAS DECLARAÇÕES

Durante o prazo de recurso as novas declarações deverão ser enviadas para o e-mail: [email protected], com o novo documento anexado.

O Instituto lembra que quem não tiver sua comprovação de utilização correta ou corrigida, mediante o recurso não poderá se candidatar ao Auxílio Educação deste ano de 2021.