Por tabata.uchoa

Fortaleza - A 23ª edição do Cine Ceará — Festival Ibero-americano de Cinema começou ontem em Fortaleza. Entre os filmes brasileiros que concorrem ao Troféu Mucuripe, estão o documentário sobre o cantor Ney Matogrosso, ‘Olho Nu’, de Joel Pizzini; ‘Solidões’, longa dirigido por Oswaldo Montenegro e que tem Vanessa Giácomo no elenco; e o filme ‘Se Deus Vier Que Venha Armado’, de Luis Dantas, que foi o primeiro a ser exibido no festival, ontem.

23ª edição do Cine Ceará traz brasileiros e portugueses concorrendo ao Troféu MucuripeDivulgação

“É muito legal sentir a reação do público e eu percebo que está sendo algo bem positivo. Não ia sair com o filme agora, mas, diante desse convite tão bacana, resolvi adiantar o projeto”, explica o diretor Luis Dantas. ‘Se Deus Vier Que Venha Armado’ conta a história de um soldado, em seu primeiro dia de trabalho, e de um presidiário, que tem direito à saída temporária da prisão para visitar seu irmão. “É um clima de vingança dos dois lados. As histórias desses dois se cruzam e isso tem consequências trágicas. O interessante é que contamos a trama pelo ponto de vista de cada personagem. Não tem o cara que é o bom e o outro que é mau”, acrescenta Luis.

O filme tem o ator Vinícius de Oliveira no elenco e foi rodado em São Paulo, durante os ataques contra policiais que aconteceram na cidade no ano passado.“Filmamos nas periferias e parte desses ataques aconteceu a duas quadras do set de filmagens. Sempre tenho a vontade de fazer um cinema que se comunique com o público, que entretenha e que tenha conteúdo. Acho que o filme é forte porque é uma produção que teve baixo orçamento, mas que tem um acabamento muito bacana. Tivemos ótimas locações, conseguimos criar uma empatia com o espectador e o tema é bem atual. As pessoas vão poder discutir e se posicionar sobre esse clima geral de violência em que vivemos”.

‘El Paciente Interno’ (México), ‘Emak Bakia’ (Espanha), ‘La Película de Ana’ (Cuba), ‘Mercedes Sosa, La Voz de Latinoamérica’ (Argentina) e ‘Rincón de Darwin’(Uruguai) são os longas-metragens estrangeiros da Mostra Competitiva. Os grandes homenageados desta edição, que acontece até o próximo sábado, são a cantora e cineasta portuguesa Maria de Medeiros e o ator Marcos Palmeira.

Você pode gostar