Dia Nacional da Cachaça: a ‘marvada’ ganha ascensão nas rodas de bar

De rodízio de cachaça a degustação gratuita, a bebida brasileira vive grande momento nos bares

Por daniela.lima

Rio - Rodízio de pinga, que tal? A iniciativa do Galeto Sat’s, em Copacabana, é mais um motivo para brindar à notável ascensão da ‘marvada’ nos copos e rodas de bar. O Dia Nacional da Cachaça é comemorado hoje, e a bebida se multiplica, com degustação gratuita e pratos à base da água que passarinho não bebe. 

Dia Nacional da Cachaça%3A a ‘marvada’ ganha notável ascensão nos copos e rodas de barPedro Landim


No tijucano Otto, o cachacier Paulo Braga comanda hoje, das 19h às 21h, degustação de graça envolvendo rótulos do Estado do Rio como a Menina do Rio Ouro, envelhecida em tonéis de castanheira, e a Sinhá Brasil Extra Premium, que passa seis anos no carvalho.

E o Galeto Sat’s lança novidades como a mineira Cobiçada Ouro, de Itabirito (R$ 13 a dose), e a gaúcha Weber Haus Premium Black, armazenada em carvalho francês e bálsamo (R$ 19 a dose). Nas segundas-feiras, o bar faz seu rodízio de cachaças: das 23h às 2h, por R$ 35, o cliente bebe à vontade em seleção de rótulos especiais. Além de tira-gostos incluídos no preço, a casa tem petiscos do braseiro como a porção de corações de galinha (R$ 15) ou a cebola com alecrim (R$ 6). A sobrecoxa de frango marinada em cachaça de madeira amburana sai por R$ 24, com batatas portuguesas e arroz de brócolis.

Louvando a bebida desde os anos 80, a Academia da Cachaça oferece hoje a cortesia de uma dose da São Miguel, de Quissamã (RJ), armazenada em amburana. E opções de trios de degustação como o formado por Volúpia (PB), Canarinha (MG) e Magnífica Soleira (RJ), a R$ 19,50.

No Botequim Informal, a Santa Dose é feita em Pernambuco e leva mel e limão, servida pura ou em drinques (R$ 9 a dose). E o Boteco Confraria, em Niterói, tem rótulos como o Velho Pescador (R$ 8 a dose) e faz seu torresmo curtido na cachaça (R$ 15,90).
Com marca própria fabricada em Paraty (R$ 8 a dose), a Cachaçaria Mangue Seco tem 117 rótulos e sugestões como a Coqueiro Banana, composta com a fruta (R$ 7,90 a dose). E viva aquela que matou o guarda.

ACADEMIA DA CACHAÇA. Rua Conde Bernadotte 26, Leblon (2529-2680). Dom a qui, de meio-dia à 1h; sex e sáb, de meio-dia às 2h. Cc: todos. BOTECO CONFRARIA. Rua Nóbrega 237, Jardim Icaraí, Niterói (2617-8110). Seg a qui, das 17h à 1h; sex, das 17h às 3h; sáb, de meio-dia às 3h; e dom, de meio-dia à 1h. Cc: Visa e Mastercard. BOTEQUIM INFORMAL. Loja do Humaitá na Rua Visconde de Caravelas 123 (2537-2164). Dom a qui, do meio-dia à 1h; sex e sáb, do meio-dia às 2h. Cc: Todos. GALETO SAT’S. Rua Barata Ribeiro 7, Copacabana (2275-6197). Diariamente, das 11h às 4h. Cc: Todos. MANGUE SECO. Rua do Lavradio 23, Lapa (3852-1947). Seg a qui, das 11h30 à meia-noite; sex e sáb, das 11h30 às 2h. Cc: todos. OTTO. Rua Uruguai 380, Tijuca (2268-1579). Diariamente, das 9h à 1h. Cc: todos.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia