Musical ‘Quando a Gente Ama’ faz uma homenagem a Arlindo Cruz

Oito atores cantam as letras do bamba. Entre eles, Cris Vianna, que faz sua estreia no teatro

Por daniela.lima

Rio - Se depender de Arlindo Cruz, nunca vai faltar trilha sonora para o amor. Dono de sambas românticos indefectíveis, o compositor ganha uma justa homenagem a partir de hoje no musical ‘Quando a Gente Ama’, de João Batista, no Teatro Sesc Ginástico. Oito atores cantam as letras do bamba. Entre eles, Cris Vianna, que faz sua estreia no teatro e interpreta quatro mulheres.

Musical ‘Quando a Gente Ama’ estreia no Sesc Ginástico e faz uma homenagem a Arlindo CruzDivulgação


“É uma ansiedade boa. As canções do Arlindo falam muito do cotidiano, do amor, das relações, das idas e vindas dos casais. Fiquei muito encantada de ver tudo isso na peça”, conta a também rainha de bateria da Imperatriz Leopoldinense, que recebe elogios do diretor do espetáculo. “A Cris já tinha uma experiência cantando. Foi um processo muito rico”, diz João, se referindo ao grupo Black Voices, do qual a atriz fez parte.

TEATRO SESC GINÁSTICO. Avenida Graça Aranha 187, Centro ( 2279-4030). De qua a dom, às 19h. R$ 20 (qua, qui e dom) e R$ 30 (sex e sáb). 90 min. 16 anos. Até 22 de dezembro.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia