Cirque Bang Bang faz apresentação no Sesi, com entrada franca

Uma nova concepção de circo e malabarismo. É o que promete o casal francês Elsa Guérin e Martin Palisse

Por daniela.lima

Rio - Uma nova concepção de circo e malabarismo para o público brasileiro. É o que promete o casal francês Elsa Guérin e Martin Palisse, malabaristas componentes do Cirque Bang Bang, que faz única apresentação do espetáculo ‘Post’ esta noite, às 19h30, no Teatro Sesi Centro, com entrada franca.

O casal de franceses Elsa Guérin e Martin Palisse junto em cenaDivulgação


A performance tem como tema dois remanescentes da humanidade que se agarram apenas um ao outro para sobreviver. “‘Post’ concentra-se na relação com o outro, com o espaço e o tempo, explorando deslocamentos, verticalidade, apoios, impedimento, resistência, e fala do humano, da sua irremediável solidão e, ao mesmo tempo, da interdependência entre os homens”, afirma Elsa Guérin.

Depois da primeira passagem do espetáculo pelo país, em setembro do ano passado, eles retornam ao Brasil para esta apresentação, patrocinada pela Aliança Francesa.

Junta há 14 anos, a dupla tem uma visão bastante peculiar do que faz. “Fundamos a companhia e começamos a produzir o primeiro espetáculo em 2000. Desde o início, tivemos a ideia de fazer algo novo com o malabarismo, alguma coisa mais pessoal; nós falamos na época de ‘doar o que somos e não somente o que sabemos fazer’. Desenvolvemos essa visão através de uma pesquisa sobre as questões e os desafios da linguagem do malabarismo”, conta Martin Palisse.

As expectativas para o reencontro com o público brasileiro são altas. “A plateia pareceu ter ficado muito mexida com o espetáculo e ganhamos o prêmio do júri (espetáculo mais original). Fomos igualmente tocados pelos brasileiros. E o Rio nos tocou direto no coração. Mesmo antes de partir, temos apenas um desejo: retornar!”, afirma Elsa, sem poupar elogios ao país.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia