Nina Becker canta o Rio de Dolores Duran

Em belo CD solo, vocalista da Orquestra Imperial atualiza repertório que perfila a cidade nos anos 1950

Por daniela.lima

Rio - Registro de estúdio do show estreado pela cantora Nina Becker no fim de 2013, o CD ‘Minha Dolores’ é o melhor disco solo da vocalista da carioca Orquestra Imperial. O título do álbum, lançado pela gravadora Joia Moderna por iniciativa do DJ Zé Pedro, já anuncia o caráter pessoal dessa moderna abordagem do repertório da cantora e compositora carioca Dolores Duran (1930 - 1959).

Nina Becker lança hoje e amanhã%2C com show no Sesc Copacabana%2C o CD ‘Minha Dolores’%2C no qual canta raridades do repertório de Dolores DuranDivulgação


Ícone da música brasileira nos anos 1950, Dolores é celebrada por produção autoral que revelou compositora elegante na construção de melodias e letras. Só que a discografia de Dolores é dominada por gravações de temas alheios. É nesse baú que Nina Becker pescou pérolas raras como ‘Tradição’ — samba em que Ismael Silva (1905 - 1978) versa sobre a violência dos morros em letra impressionantemente atual — e ‘Carioca 1954’ (Ismael Netto e Antonio Maria), que perfila boemio cidadão do Rio dos anos dourados.

Carioca como Dolores, Nina fez disco que retrata sons e costumes da cidade na década de 1950. Rio sonorizado por belos e até então esquecidos sambas-canção como ‘O amor acontece’ (Celso e Flávio Cavalcanti, 1954) e ‘Outono’ (Billy Blanco, 1952).

Em clima de seresta moderna, o CD une a voz de Nina ao bandolim de Luís Barcelos e ao violão de Lucas Porto. O trio é a base do disco. Mas entram músicos adicionais como Pedro Sá — cuja guitarra adorna ‘Feiúra não é nada’, samba que relativiza o poder da beleza feminina — e Marcelo Callado, cuja sutil percussão é ouvida no samba ‘Estatuto de boate’.

Nina valoriza o repertório em tom contemporâneo, leve. Sua voz parece flutuar sobre ‘Estrada do sol’ (canção de Dolores com Tom Jobim). A Dolores Duran de Nina Becker desvenda facetas desconhecidas da autora de ‘Solidão’, música do CD. Essa Dolores merece ser de todos.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia