Espetáculo Buraco da Lacraia recebe mais um show de sucesso

Com ator do Porta dos Fundos no elenco, montagem reúne pela segunda vez trupe que mistura humor, cabaré, burlesco e até o ‘Cassino do Chacrinha’

Por daniela.lima

Rio - Já pensou numa apresentação da Galinha Pintadinha em francês? Em estilo burlesco, diga-se de passagem. E o que diria da interpretação do hit ‘Freak Le Boom Boom’ não pela Gretchen, a Rainha do Rebolado, mas por Conga, a macaca aterrorizante do Parque de Diversões? Estes e outros números recheados de humor escrachado estão no espetáculo ‘Buraco da Lacraia Cabaré On Ice’, que acaba de estrear no Buraco da Lacraia, bar-boate e karaokê cult da Lapa. A montagem dá sequência ao sucesso ‘Buraco da Lacraia Dance Show’, que ficou em cartaz dois anos na casa e foi visto por nada menos do que dez mil pessoas. Luis Lobianco, do Porta dos Fundos, segue no elenco, ao lado de Leticia Guimarães, Éber Inácio e Sidnei Oliveira. 

O ator Luis Lobianco (de chapéu vermelho) também é integrante do grupo de humor Porta dos FundosDivulgação


Tal qual seu antecessor, ‘Buraco da Lacraia Cabaré On Ice’ tem o videokê como fio condutor, misturando cabaré, burlesco, o Carnaval de rua, o teatro de revista e até o ‘Cassino do Chacrinha’. “Estávamos com uma expectativa muito grande. Tínhamos um show que fazia o maior sucesso. No auge, anunciamos que faríamos outro repertório. Foi um burburinho, mas, ainda bem, a casa ficou lotada na estreia (13 de junho) e segue assim. Para nós, artistas, é importante se desafiar, criar. Acho que, desta vez, estamos mais escrachados”, ressalta Lobianco.

Ao longo de 90 minutos de apresentação, com figurinos extravagantes e bem-humorados, o grupo ainda faz referências à nave da Xuxa, ao touro mecânico, aos bonecos gigantes do Carnaval de Olinda e até aos carros alegóricos de escola de samba. Tudo com música. O texto é pouco. “Tem um momento em que eu converso com a plateia. Gosto de saber de onde as pessoas vêm, se estão gostando. É a nossa troca”, conta Lobianco.

O grande diferencial dos espetáculos, tanto o ‘Cabaré On Ice’ como o ‘Dance Show’, é a inovação na linguagem. É uma apresentação baseada em karaoquê, num bar, em que o público paga um valor fixo para entrar e ainda tem bebida liberada. “Quem entra até as 23h paga R$ 35. Depois disso, é R$ 40. E tem direito a bebida. Costumo dizer que isso é o combo da alegria”, afirma o ator.

Lobianco lembra que tudo começou em 2012, a partir de reuniões despretensiosas entre amigos. “A gente ia pra Lapa se divertir. E, quando chegávamos ao Buraco da Lacraia e cantávamos, o pessoal adorava. Fazíamos o maior sucesso. Então, surgiu o convite para nos apresentarmos, como show de humor. Eram para ser só quatro apresentações. O negócio fez um sucesso que nem eu entendi. E, logo depois, nasceu o projeto do Porta dos Fundos. Costumo dizer que, naquele ano (2012), os astros estavam todos a meu favor”, brinca Lobianco.

E, falando no Porta dos Fundos, o ator conta que, neste novo espetáculo do Buraco da Lacraia, o grupo de humor entrou como parceiro, viabilizando a produção. “Nos próximos dias, vai entrar no canal do Porta uma campanha de arrecadação para fazer a manutenção do espetáculo. É uma supervisibilidade, se você pensar na audiência do canal. Mas, na verdade, o Porta dos Fundos sempre foi muito presente. Eles sempre terão mesa cativa com a gente”, afirma Lobianco. Sobre uma possível participação especial dos outros atores do Porta no Buraco da Lacraia, Lobianco garante: “Vai rolar em algum momento. Só não tenho como especificar a data”, diz o ator, lembrando que, na primeira montagem, Fábio Porchat, Letícia Lima e Clarice Falcão deram canja no ‘Buraco da Lacraia Dance Show’.

Lobianco aproveita para adiantar que, em janeiro de 2015, a trupe do canal de humor da internet vai começar a gravar seu primeiro filme. “O Porta está com uma série de vídeos sobre a Copa no ar. Em junho, vamos para Portugal. E, em janeiro do ano que vem, começamos a gravar o filme do Porta dos Fundos. Não vai ser simplesmente juntar os esquetes. Vai ter história”, finaliza.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia