Pavarotti levava fogão em turnês e Rock Hudson queimava a carne

'Eles Também na Cozinha’ reúne esses e outros casos de homens gourmet

Por thiago.antunes

Rio - Engana-se quem pensa que o negócio de Vinicius de Moraes e Pavarotti era só a música. Tão pouco que o francês Alain Delon só se dedicava ao cinema. Todos eles e mais outras dezenas de astros têm um traço em comum: a paixão pela culinária. Após lançar ‘Divas na Cozinha’, o mineiro Evânio Alves descobriu que seus ‘divos’ também tinham histórias com o fogão tão boas quanto suas receitas. Não descansou e, depois de muita pesquisa, reuniu todas elas em ‘Eles Também na Cozinha’ (Editora Independente; 280 págs; R$ 49,90), que acaba de ser lançado.

Pavarotti não abria mão das receitas italianas em suas viagensDivulgação

“Fui descobrindo histórias ainda mais interessantes do que as das divas. Porque quando os homens vão para a cozinha, geralmente é por paixão”, diz o autor, que escreveu o livro após inúmeros pedidos de leitores e amigos. “Agora a gastronomia está em alta entre os homens. Mas, nos anos 50, não era assim. Ainda tinha um certo machismo que impedia o homem de ir para a cozinha e a mulher cozinhava mais por obrigação”, observa ele, ressaltando o contexto em que retrata seus astros.

Na publicação, é possível descobrir que Luciano Pavarotti comandava o fogão. Em cada viagem que fazia, o tenor carregava o utensílio junto às suas panelas e aos ingredientes preferidos. Fiel à culinária italiana, não abria mão de preparar suas próprias refeições. “Ele reservava sempre duas suítes. Uma era só para recriar a cozinha dele. Pavarotti levava tudo, até o fogão, e preparava comida para toda a sua equipe”, conta o pesquisador.

Apesar do amor pela gastronomia, Evânio descobriu que nem todos eram tão bons cozinheiros como o italiano. O ator americano Rock Hudson, por exemplo, não acertava nem o ponto do churrasco. “Ele gostava de cozinha, mas não tinha muita habilidade. Hudson sempre convidava os amigos para um churrasco na casa dele. Mas tostava tanto a carne, que era preciso enfiá-la debaixo d’água para apagar o fogo!”, diverte-se o escritor. “O mordomo que trabalhou por 30 anos com ele dizia que nunca conseguiu provar um bife feito pelo patrão", completa.

Ao todo, são histórias e receitas de 60 astros, como Vinicius de Moraes, que, além de intimidade com a gastronomia, tinha peculiaridades como levar o próprio peixe para ser preparado em algum restaurante de sua escolha. Além do poetinha, também dá para conhecer curiosidades de personalidades como Clark Gable, Burt Lancaster, Bing Crosby, Tom Jobim e Sartre, em ‘Eles Também na Cozinha’ (achado no site www.espacodivas.com). Já para 2015, o autor volta a mergulhar no universo feminino e prepara nova publicação sobre as divas brasileiras esquecidas.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia