Fãs se cortam com saída de Zayn do grupo One Direction

Jovens se mutilaram para pressionar ídolo da banda teen

Por daniela.lima

Zayn anunciou sua saída em comunicadoReprodução Internet

Rio - A notícia de que Zayn Malik vai deixar o grupo One Direction movimentou as redes sociais ontem e trouxe consequências bem preocupantes. Várias adolescentes, de todo o mundo, lançaram uma campanha que consistia em se automutilar e postar a foto no Twitter com a hashtag #cut4zayn, na tentativa de fazer o ídolo voltar à banda. Em poucos minutos, o assunto estava nos Trending Topics mundiais.

Zayn, Niall, Harry, Liam e Louis formaram a banda teen em 2010, após participarem do programa ‘The X Factor’, na Inglaterra. Há alguns dias, Zayn chegou a desistir de participar de shows na Malásia e Indonésia, alegando estar muito estressado e precisando de descanso. Mas somente ontem veio o comunicado oficial, através do Facebook do grupo.

“Minha vida com o One Direction foi muito mais do que eu poderia imaginar. Mas, depois de cinco anos, eu sinto que é a hora certa de sair. Gostaria de me desculpar com os fãs, mas tenho que fazer o que meu coração manda. Vou sair porque quero ser uma pessoa normal de 22 anos, que pode relaxar e ter uma vida privada, longe dos holofotes. Eu sei que tenho quatro amigos para a vida em Louis, Liam, Harry e Niall. Sei que eles continuarão sendo a melhor banda do mundo”, escreveu Zayn no comunicado.

O que ele não imaginava era que a sua saída fosse se tornar perigosa para suas fãs, já que muitas delas começaram a se cortar como forma de ameaça e demonstração de tristeza. Esse comportamento das meninas é avaliado como preocupante pela psicóloga Beatriz Acompora. “A pessoa que teve a ideia inicial pode ter distúrbios e ideias autodestrutivas. E, com o poder se persuasão, faz com que outras pessoas sigam a ideia. Na internet, esse tipo de coisa é comum, as pessoas acham um jeito de tentar influenciar as outras”, explica Beatriz. 

Fãs postaram fotos com cortes nos braços pedindo a volta de ZyanReprodução Internet


A profissional ainda ressalta que os efeitos negativos podem ser muitos. “A adolescente pode ter uma infecção, ou o corte pode atingir a uma veia e ela ser hospitalizada. É típico da adolescência não avaliar as consequências das atitudes. Mas isso pode se tornar um problema social. Vai que a moda pega. Se mais de dez pessoas seguiram isso, é preocupante. Os pais precisavam analisar também se essas meninas têm problemas com a autoestima.”

A fã Gabriela Alves, de 14 anos, que conseguiu falar com os integrantes da banda em maio de 2014, quando eles fizeram seu primeiro show no Rio, lamentou a saída de Zayn.“Todas nós estamos muito tristes, mas precisamos entender que ele precisava disso. Eu nunca me cortaria. Acho isso totalmente fora do limite. O Zayn está correndo atrás da sua felicidade, e nós temos que entender”, acrescentou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia