Os 90 anos de Lan são celebrados em exposição no Leme

Mostra com trabalhos dele e outros artistas fica em exibição até agosto

Por daniela.lima

Trabalhos assinados por Fani Loss (E) e André Hippertt estão na exposição em homenagem a LanDivulgação

Rio - Quando se fala em Lan, a expressão soa como um clichê, mas é quase impossível evitá-la: o cartunista é italiano de nascença, mas seu coração é carioca há muito tempo. A relação com a geografia, a luz, a cor e, sobretudo, com as curvas das mulatas que andam pelas ruas da cidade já são bem conhecidas. Para homenagear os 90 anos do artista, um grupo de cartunistas se reuniu para criar a mostra ‘LAN 90 anos’, exposição composta por 29 trabalhos do cartunista e por outras 55 obras feitas em sua homenagem por outros desenhistas, entre eles o diretor de arte André Hippertt e a ilustradora Fani Loss, ambos do DIA.

“O Lan é um dos nossos grandes mestres, e essa é uma homenagem mais que necessária. Poucas pessoas retrataram a alma do Rio tão bem quanto ele”, explicou o cartunista Ferreth, um dos organizadores, que já adianta que a organização já planeja, para o próximo ano, fazer uma homenagem a outro grande nome do traço brasileiro: Ziraldo.

Os trabalhos serão expostos a partir de hoje, no Restaurante Martinez, no Leme. A exibição vai se estender até agosto.


“O Lan é um gênio, um dos maiores cartunistas do Brasil. De um jeito ou de outro, todos nós aprendemos com ele. Ficamos felizes em poder homenageá-lo”, finaliza o cartunista Amorim.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia