Natalie Imbruglia volta à cena interpretando sucessos masculinos após 6 anos

Em seu quinto álbum, 'Male', artista canta músicas interpretadas originalmente por homens

Por daniela.lima

Natalie Imbruglia apresenta o álbum 'Male'Reuters

Nova York - Após um hiato de seis anos, a cantora Natalie Imbruglia volta à música com seu quinto álbum, uma coletânea de canções cantadas originalmente por homens.

O disco "Male" traz covers como "The Wind", de Cat Stevens, "The Waiting", de Tom Petty, "Only Love Can Break Your Heart", de Neil Young, e "Friday I'm in Love", do The Cure.

"(Cantar) artistas femininas, por algum motivo, pareceu mais assustador e como se fosse uma comparação direta", disse Imbruglia à Reuters. "Acho que quando você troca de sexo... é instantaneamente uma interpretação diferente, porque temos origens diferentes emocionalmente. Simplesmente achei mais divertido."

Australiana de nascimento e cidadã britânica, a também atriz Natalie se tornou conhecida com o sucesso "Torn" em 1997, que lhe rendeu uma indicação ao Grammy.

Seu penúltimo álbum, "Come to Life", havia saído no fim de 2009.

"Virou uma questão não só de quem você gosta, mas de ter noção... do que combina com sua voz e a quem você pode dar crédito. Então, isso ajudou na minha escolha da canções", contou ela sobre "Male".

"Sou romântica e amo este tipo de canção. Queria fazer algo muito orgânico, uma produção muito clássica, sem sons eletrônicos e muito centrada nos vocais. E estas canções se prestam a esse clima."

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia