É dia de lula lá no Rio Comprido

Pé-sujo simples, sem letreiro, mesa na calçada, cerveja estupidamente gelada

Por karilayn.areias

Rio - O Fla-Flu político que toma conta das manchetes e redes sociais Brasil afora, juntamente com a chegada da Semana Santa, me remeteu a um achado nesta Cidade Maravilhosa, descoberto pela rapaziada da roda do Samba da Ouvidor, capitaneada pelo sempre atento Gabriel da Muda, um dos principais colaboradores deste espaço.

Os risotos no Boteco do Peixe (como este%2C de polvo) são incríveisRenata Viot

O Boteco do Peixe, no Rio Comprido, é um símbolo desta coluna. Pé-sujo simples, sem letreiro, mesa na calçada, cerveja estupidamente gelada. Na cozinha, três craques criados nos melhores restaurantes da Zona Sul, como o Antiquarius, que decidiram levar seus conhecimentos gastronômicos para a Zona Norte da cidade. Saca a alma de pobre do Lula? É mais ou menos por aí.

E por falar em Lula, convido vocês, sem qualquer tipo de condução coercitiva, a provarem não o Lula, mas o risoto de lula feito por lá, no talento do trio Walter, Adriano e Mesquita. E tem coisa melhor que Lula. Brizola, por exemplo. Mas isso é outra história. Lá, no caso, o risoto de camarão e o de polvo, além das moquecas de peixe ou mista. Tudo por volta de R$ 30, em porção que serve duas pessoas com educação, ou um colunista morto de fome.

Se você não gosta de peixes ou frutos do mar, relaxe. Não é pecado como o padre falou. Pode cair dentro. E com força. Tem filé de frango, carne assada, bife com fritas, linguiça calabresa e tudo que um verdadeiro botequim precisa para ser feliz. Mas o forte da casa, meus amigos, são mesmos as coisas da água salgada. E o preço. E o ambiente familiar! Vá com sede. Agora!

O BOTECO DO PEIXE fica na Rua do Matoso 125 (loja P). Abre todos os dias logo cedo, às 8h. E costuma ir até meia-noite, mas se o cliente for chato, fica até mais tarde. Aos domingos e segundas abre só para almoço, que vai até 19h. Só aceita dinheiro e cartão de débito. Liga lá: 3576-7520

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia