Peça 'Reunificação das Duas Coreias' estreia no Oi Futuro

Espetáculo tem direção de João Fonseca e leva para o palco o amor em suas diversas formas e manifestações

Por tabata.uchoa

Rio - Falar de amor é urgente. O espetáculo ‘Reunificação das Duas Coreias’ estreia dia 24 de junho no teatro do espaço Oi Futuro com esta proposta. O texto de Joël Pommerat tem direção de João Fonseca e leva para o palco o amor em suas diversas formas e manifestações, de um jeito nada convencional. “Não é porque está na moda, mas eu acho tão necessário e tão bacana falar dos encontros e reencontros”, diz o diretor.

Elenco%3A Bianca Byington%2C Gustavo Machado%2C Solange Badim%2C Marcelo Valle%2C Verônica Debom%2C Reiner Tenente e Louise CardosoDivulgação

Apesar de o título remeter a questões políticas, ele é na verdade tirado da fala de uma personagem, que está explicando um encontro amoroso: “Foi como se a Coreia do Sul e a Coreia do Norte abrissem suas fronteiras e se reunificassem”.

O texto mergulha no mundo controverso das relações amorosas. Em cena, os atores Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Verônica Debom e Reiner Tenente se revezam em 47 personagens protagonizando as 18 histórias. “É uma peça que precisa de ótimos atores e que tenham espírito de companhia. Porque a peça é feita para uma companhia de teatro, por um grupo de teatro. Nesse espetáculo é preciso ter esse jogo cênico, é necessário saber estar nesse lugar”, esclarece.

A peça mostra o que há de mais cômico e dramático nas relações. Ainda segundo João, assuntos como divórcio, separação e casamento, na abordagem do autor, fazem o tema ir para outro patamar. “Ele foge do lugar comum. A montagem é o que desejo fazer nesse momento, falar de amor e de desamor. Me encantou a possibilidade de fazer pela primeira vez um trabalho com cenas fragmentadas. Foi um presente.” 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia